Juvenal vira sócio-torcedor do São Paulo: ‘Plano mais barato’

Embalado pelo “Movimento por um Futebol Melhor”, projeto lançado na noite desta segunda-feira que estimula os torcedores a virarem sócios de seus clubes e ganharem descontos em diversos produtos de empresas parceiras, o São Paulo relançou o seu programa de sócio-torcedor.

E um dos primeiros a aderir ao novo formato foi um tricolor ilustre: o presidente Juvenal Juvêncio se tornou sócio-torcedor. São dois planos possíveis: o Standard, de R$ 30 mensais, e o Premium, no qual o torcedor contribui com R$ 100. Juvenal escolheu o mais barato.

– Eu virei sócio há cerca de duas horas. E peguei o de trinta, o mais barato, que é para dar exemplo (risos) – disse o presidente, em meio às suas tradicionais gargalhadas, no início da noite de segunda.

A diretoria do clube reconhece os defeitos da versão anterior de seus planos, em que muitos torcedores não recebiam os benefícios. Por isso, cortou a maioria deles, e agora afirma que só vai oferecer o que puder cumprir. A principal atração é a prioridade na compra dos ingressos, algo que já foi colocado em prática nos jogos contra Mirassol, pelo Paulistão, e Bolívar, na Libertadores.

O projeto desenvolvido pela Ambev, e que conta com nove empresas parceiras e 15 clubes participantes, número que pode dobrar ainda este ano, fascinou Juvenal. O presidente jura que nos últimos dois dias, com o novo programa do sócio-torcedor disponível, o São Paulo já ganhou três mil sócios, mas tem metas bem mais ambiciosas.

– Eles têm falado em 200 mil sócios, e isso faria do sócio-torcedor a maior fonte de receita do clube. Eu acredito fortemente nesse projeto, acho que pode ser um novo momento do futebol brasileiro. Reformulei os nossos planos, comprei uma central de atendimento, mexi em tudo porque estou muito esperançoso. É algo grande.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*