Juvenal diz ter “estragado bolo” de Teixeira em briga por Morumbi na Copa

Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, não esconde de ninguém que o ex-mandatário da CBF, Ricardo Teixeira, não é bem-vindo ao Morumbi.  Em uma bem-humorada entrevista concedida na manhã desta segunda-feira, o chefão do Tricolor voltou a criticar o cartola e afirmou que se José Maria Marin tivesse assumido a presidência da entidade um pouco antes, o Morumbi estaria na lista dos estádios para 2014.

Essa é a principal bronca de Juvenal, que colocou Teixeira como um dos principais responsáveis pelo “maior estádio de São Paulo” ter ficado de fora da Copa do Mundo.

“O Ricardo não gostava muito da gente. Eu fui muito forte e disse a ele ‘você quer fazer seu estádio, faz lá fora. São 12 sedes, dá o meu pedaço de bolo, porque se você não der meu pedaço de bolo, eu vou estragar o seu.’ Eu estraguei o bolo dele, mas ele também estragou o meu”, afirmou, deixando no ar que pelo menos ficou na torcida para que Teixeira deixasse o cargo.

A provocação continuou com Juvenal comemorando o fim da era Teixeira.  “Falavam que eu era o único que poderia vencer ele em uma eleição, mas eu nem me interessava naquela coisa (CBF). Agora ele vendeu a fazenda, deu adeus”.

O rival não foi único assunto da conversa com os jornalistas. O presidente ainda falou sobre o caso Luis Fabiano, Leão e sobre a atual situação do clube, carente de títulos.

“Eu tenho acertado mais do que errado. Olhe e veja tudo que eu plantei aqui. Se você soubesse o que eu tenho em Cotia, agora me levaram quatro jogadores para jogar contra a Argentina…”, disse prosseguindo. “Hoje, não estamos brilhando, mas vamos treinar o exercício da paciência”.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*