Jadson perde espaço no São Paulo e vai para o banco

O São Paulo terá uma formação diferente na partida deste domingo, contra o Coritiba, no Couto Pereira, e a principal novidade será a saída do meia Jadson. Após atuação abaixo do esperado na partida da última quinta-feira, contra o Criciúma, o camisa 10 ficará no banco para o retorno de Ganso. Outras mudanças com relação à formação anterior serão as en

Autuori entende que o meia pode render muito mais do que tem apresentado. Jadson caiu de produção desde a final da Copa das Confederações, quando esteve em campo pelo Brasil na vitória sobre a seleção da Espanha por 3 a 0. Contra o Criciúma, impressionou pela apatia, muitas vezes aparecendo adiantado, perto dos zagueiros, função que não é a sua habitual. Ele tinha ficado fora da partida anterior, contra o Náutico, por suspensão, e a expectativa era que voltasse com ritmo acima dos demais.

Dessa forma, com as mudanças pretendidas pelo técnico Paulo Autuori, o São Paulo deve ter: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Antônio Carlos, Rodrigo Caio e Reinaldo; Wellington, Fabrício, Ganso e Lucas Evangelista; Aloísio e Luis Fabiano.

Neste sábado, a equipe realizou o último treinamento antes da partida e Autuori comandou uma atividade leve. Foram três jogos em apenas cinco dias e a maratona será encerrada neste domingo. O Tricolor ocupa a 18ª colocação no campeonato, com 18 pontos em 18 jogos.

 

Confira abaixo os jogadores relacionados para a partida:

 

Goleiros: Rogério Ceni e Denis

Laterais: Clemente Rodríguez, Mateus Caramelo e Reinaldo

Zagueiros: Rafael Toloi, Antonio Carlos e Paulo Miranda

Volantes: Wellington, Rodrigo Caio, Denilson e Fabrício

Meias: Paulo Henrique Ganso, Jadson, Maicon e Lucas Evangelista

Atacantes: Luis Fabiano, Osvaldo, Aloísio, Silvinho e Negueba

 

3 comentários em “Jadson perde espaço no São Paulo e vai para o banco

  1. Jadson, amarelou, ou se acomodou, banko com certeza.

    Osvaldo, pipokou, ou esta amarelando, banko com justica.

    Welington, ainda nao pipokou, mas por favor nao passe do meio campo,

    voce na intermediaria ou ataque e um desastre, contra o flamengo

    errou um gol facil de fazer, e contra o criciuma deixou de fazer uma

    assistencia pro Aloisio que com certeza faria o gol, e ainda saiu dando risada,

    e o proximo a esquentar o banko, se nao obedecer suas funcoes de apenas

    marcar.

    pipokkka, o homem do mega show, esse ja passou da hora de esquentar o banko,

    porque dele

    esperamos tudo, menos resolver. Se a mulher do Leonidas da Silva,

    ficou para ver o jogo, deve ter ficado muito aborrecida com o kara da

    camisa nove, um tal de pipokkka, que so sabe reclamar, e mais naaaada.

    O maior mico, do adalberato porchi, que contratou a peso de ouro um

    atleta com serios problemas, fisicos e emocionais.

  2. E continua a sina desgraçada dos improvisos.
    No São Paulo, e só no São Paulo, zagueiro joga de lateral, volante joga de zagueiro e meia joga de atacante. Nos outros times isso só acontece quando não tem jogador da posição disponível, mas no São Paulo, podem ter 2 laterais direitos no banco, o cara sempre vai preferir improvisar. Acho que isso é o que eu estou mais de saco cheio de ver no SP nos últimos anos.

  3. Nos so perdemos na quarta porque as declarações tipo queda de braço de Adalberto Batista contra Rogério e enaltecendo o Trabalho de Ney Franco
    Desestabilizaram Rogério que nao tinha condição nem de Entrar em Campo
    Muito menos Bater o Penalty
    Juvenal fechou os olhos com se estivesse apoiando as declarações para derrubar Rogério do Pedestal de Mito
    Rogerio pode ser o que for mas ē maior que Juvenal. Rogerio vai ser lembrado como um Ídolo. E Juvenal como um Ditador Bebado e cheio de Suspeitas Figerr Eduardo Huran……….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.