Hudson sai com marca da chuteira de adversário na barriga após jogo do SP

O volante Hudson chegou ao primeiro gol com a camisa do São Paulo na noite desta quinta-feira. Mas, a partida contra o Emelec não será apenas de boas recordações para o jogador.

Quando o time vencia por 4 a 2 a partida, o volante Hudson foi atingido por Gabriel Achilier, zagueiro do Emelec. Após o juiz marcar falta, o equatoriano pisou no jogador do São Paulo.

Na saída de campo, Hudson exibiu para o Fox Sports as marcas da trava da chuteira do adversário deixadas em seu corpo.

Na saída do Morumbi, o médico José Sanchez, do São Paulo, acalmou os torcedores e disse que o problema é apenas superficial.

“Felizmente ali aquilo é muito mais pele, ficou bem feio ali, ferido, está ardendo muito. Ali preocupa porque ali tem costela, se fosse um pouco mais forte poderia fraturar uma costela, mas ele não reclamou de dor, disse que estava ardendo, o que é um bom sinal, de que foi só na região cutânea”, falou o médico.

O zagueiro Antônio Carlos também reclamou da violência dos adversários no jogo. “Não sei se mandam fazer isso, ser mais liberal, mas acabam exagerando na dose. Achei que foi falta no Kaká, que poderia ter saído terceiro gol deles, foi falta. Agora tem de se adequar, sabe que é assim, mas é complicado sair machucado assim”, completou.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*