Histórico do tri dá respaldo para Muricy ‘priorizar’ Brasileirão

– A cabeça estava aqui, mas temos de pensar na frente. Temos de ser inteligentes para levar essa ssituação – ressaltou Muricy Ramalho após a derrota por 2 a 1 para o Criciúma, pelo jogo de ida da 2 fase da Copa Sul-Americana.

Com Kaká, Rafael Toloi, Denilson e até Alan Kardec, poupados diante o Tigre na quinta-feira, o técnico do São Paulo deu a entender que a prioridade agora não é a competição internacional.

Na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, o foco parece se virar totalmente para o Nacional, assim como aconteceu entre 2006 e 2008, anos em que Muricy levou o Tricolor ao tricampeonato consecutivo do Brasileirão.

O ano de 2007 foi o mais emblemático. O Tricolor liderava o torneio nacional com vantagem larga para o segundo colocado Palmeiras e mesmo assim abriu mão de desgastar o elenco na Sul-Americana. Com o time mais descansado, o título ficou no Morumbi quatro rodadas antes do término da competição.

Já em 2008, a situação era mais parecida com a atual. Na época da eliminação na Sul-Americana, eram 11 pontos atrás do líder Grêmio. Hoje, são sete para o Cruzeiro duas rodadas a mais do que há seis anos. O histórico pode servir para Muricy ter ainda mais convicção em concentrar as forças no Brasileirão, mas não significa que o torneio internacional será abandonado definitivamente.

A comissão técnica tricolor tem olhado com cuidado para o calendário e usa o período em Santa Catarina para identificar os atletas mais desgastados. Se tudo correr bem amanhã contra o Figueirense, Muricy poderá pensar em usar força máxima para eliminar o Criciúma na próxima quinta-feira. Mas a experiência do tri mostra que uma eliminação pode até ajudar o Tricolor.

 

Fonte: Lance

Um comentário em “Histórico do tri dá respaldo para Muricy ‘priorizar’ Brasileirão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*