Em SC, São Paulo tenta acabar com o “fantasma catarinense” no Brasileiro

A reação do São Paulo no Campeonato Brasileiro será colocada à prova, neste domingo, às 16h, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O Tricolor venceu as últimas quatro partidas, pulou para a vice-liderança, mas tem pela frente dois obstáculos: a boa fase do Figueirense e a dificuldade que tem enfrentado contra as equipes de Santa Catarina na competição nacional. 

Antes de engrenar e sonhar com o título, o São Paulo viveu dias turbulentos por causa dos catarinenses. Após a Copa do Mundo, o Tricolor animou a torcida com uma grande atuação na vitória por 2 a 0 sobre o Bahia, em Salvador. No entanto, logo em seguida, acabou batido em casa pelo Chapecoense, por 1 a 0.

A situação se complicou na rodada seguinte, com os 2 a 1 sofridos diante do Goiás, no Serra Dourada. Piorou depois. De volta ao Morumbi, o time dirigido por Muricy Ramalho não passou do 1 a 1 frente ao Criciúma. Na última quinta-feira, novo tropeço diante do Tigre, pela Copa Sul-Americana: 2 a 1.

O período de tropeços colocou o técnico Muricy Ramalho contra a parede. Com o badalado time jogando mal, a diretoria teve de intervir, garantindo a permanência dele no cargo, mas reunindo elenco e comissão para uma dura cobrança. 

Não fossem os pontos perdidos contra os catarinenses, o São Paulo estaria bem mais próximo do líder Cruzeiro. Com os cinco que deixou pelo caminho, o Tricolor teria 37 neste momento, apenas dois abaixo da Raposa. 

– O Figueirense vive um bom momento, e esses pontos vão contar bastante no final. Conseguir um bom resultado vai nos ajudar a manter a confiança – afirmou o meia Michel Bastos. 

Por outro lado, o São Paulo se apega à boa sequência como visitante. Duas das quatro vitórias seguidas foram obtidas fora do Morumbi. O time venceu o clássico contra o Palmeiras (2 a 1), no Pacaembu, e em seguida bateu o Internacional (1 a 0), no Beira-Rio.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*