Greve na Argentina pode atrapalhar São Paulo em decisão na Libertadores

O São Paulo lida com um problema extracampo para a partida decisiva desta quarta-feira, contra o San Lorenzo (ARG), em Buenos Aires, pela Copa Libertadores. A possibilidade de uma grave geral no país hermano, prevista para esta terça-feira, pode afetar os aeroportos e fazer com que o Tricolor chegue à capital argentina apenas no dia do confronto.

O departamento responsável pela logística do clube está atento ao problema e monitora a possibilidade de voos para a terça, de acordo com a programação da comissão técnica. Caso não consiga embarcar na véspera, o Tricolor não faria o reconhecimento do gramado Novo Gasômetro e os jogadores teriam o desgaste de uma viagem internacional no dia do jogo.

A greve geral na Argentina é motivada pela decisão do governo local de manter o imposto sobre o salário. A proposta foi confirmada no último domingo pelo ministro da Economia da Argentina e deve culminar na palisação dos serviços de ônibus, trem, metrô, caminhões e aviação comercial.

Os argentinos protestam em ano de eleições, marcads para o mês de outubro. A presidente Cristina Kirschner governa o país desde 2007 com histórico de polêmicas frente a classe trabalhista. Por já ter se reelegido em 2011, ela não pode mais concorrer ao posto.

Fonte: Lance

Um comentário em “Greve na Argentina pode atrapalhar São Paulo em decisão na Libertadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*