Gols de Ganso são amuleto para o São Paulo e ele ainda pode melhorar

Jogador mais regular do São Paulo no Campeonato Brasileiro, Ganso atendeu aos apelos do técnico Muricy Ramalho e vem curtindo uma fase de goleador. Autor de um dos gols da vitória sobre o Bahia no sábado, o meia pela segunda vez este ano balançou redes em dois jogos consecutivos – também marcou contra o Huachipato (CHI), pela Copa Sul-Americana – e deixou Muricy rindo à toa.

Para o treinador, Ganso tanto pegou o gosto por marcar gols que hoje até brinca com a pontaria afiada. Em 2014, ele anotou sete gols em 51 partidas, números superiores aos do ano passado, quando disputou 66 jogos e marcou cinco gols.

– Tem que pegar gosto. É legal fazer gol. Agora está até falando que é artilheiro (risos). E ele bate bem na bola, o gol que fez lá no Chile foi brincadeira. Ele está gostando de fazer gol e isso é importante pra nós – afirmou o técnico.

A outra sequência de dois jogos consecutivos marcando foi contra Internacional e Santos, no primeiro turno do Brasileiro. Nos dois jogos, os gols do camisa 10 foram decisivos. Como todos dele, aliás.

Este ano, sempre que Ganso marcou gol, o São Paulo venceu. Foram seis vitórias, já que anotou dois contra o Flamengo, no Maracanã.

Esse desempenho ajuda a explicar por que Muricy cobra tanto do meia chegada dentro da área para ter poderio mais decisivo, como ele já demonstrou que pode ter.

Apesar da sequência de gols, Ganso ainda está aquém de seus melhores anos. Em 2010, ano em que encantou o país com Neymar no Santos, ele fez 13 gols em 44 jogos. É a melhor temporada da carreira em números.

O meia vive repetindo que vive a melhor fase da carreira e tem comprovado isso em campo. Falta coroar com o título. Ele acredita!

OS GOLS DE GANSO EM 2014

7

Na vitória de 2 a 1 sobre o Bahia, sábado, bateu de fora da área.

6

Golaço na vitória de 3 a 2 sobre o Huachipato, pela Copa Sul-Americana. De fora da área.

5

Outro golaço, na vitória de 2 a 1 sobre o Santos, no Morumbi. Dentro da área. Foi o primeiro contra o ex-clube.

4

Vitória de 1 a 0, sobre o Internacional. Dentro da área.

3

Chegou bem dentro da área, na vitória sobre o Flamengo 2 a 0.

2

No mesmo jogo, abriu o placar com gol de dentro da área.

1

Chute de fora da área, vitória sobre o Corinthians: 3 a 2.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*