Frustrado, Leão pede melhora para time aprender a “entrar na sala”

Mesmo tricampeão brasileiro entre 2006 e 2008, o São Paulo não chega a uma final desde a decisão da Libertadores perdida para o Internacional há seis anos. Nesta temporada, com a derrota para o Coritiba, já acumula duas eliminações em semifinais – no Paulista e na Copa do Brasil. Fatos que frustram e, ao mesmo tempo, aumentam o trabalho de Emerson Leão.

“Fomos até a porta e não soubemos adentrar a sala. Precisaremos nos preparar melhor para adentrá-la”, indicou o treinador. Para ele, a equipe deve tirar lições da vitória por 2 a 0 do Coritiba, nessa quarta-feira, para não repetir erros, já que, no Estadual, caiu diante do Santos perdendo por 3 a 1 no Morumbi.

“É hora de saber que poderíamos ter feito mais e não fizemos. Reconhecer que perder significa melhorar, então precisamos melhorar. Precisamos ter inteligência em um curto espaço de tempo”, indicou, sem esconder sua tristeza pela queda nas semifinais da Copa do Brasil.

“Felizmente, não estamos tão mal no Brasileiro, mas a frustração é muito grande. Não sou só eu que estou frustrado, toda a família são-paulina sofreu tanto quanto nós. E é uma frustração que já passou pelo Paulista e, agora, pela Copa do Brasil. Vamos aos campeonatos que nos restam”, afirmou.

 

Como só estreará na Copa Sul-americana no segundo semestre, o Tricolor terá tempo para trabalhar somente no Campeonato Brasileiro, torneio em que ocupa atualmente a sexta posição, a quatro pontos do líder Vasco, e no qual enfrentará a Portuguesa neste sábado, no Canindé.

O pedido de Leão é para que não se desperdice tudo que foi feito em uma temporada na qual o time igualou a maior sequência de vitórias da história do clube (11). “Não precisamos ficar atirando para todo o lado. Tem gente que atira para todo o lado achando que tudo está perdido, mas é hora de aceitar, compreender e reagir”, ensinou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*