Eliminação expõe nova divergência entre Leão e diretoria quanto a reforços

Passada mais uma eliminação do São Paulo no ano e a garantia verbal de que o técnico Emerson Leão permanecerá no cargo, uma nova divergência pôde ser notada entre o treinador e a diretoria do Tricolor: as opiniões distintas quanto a contratação de reforços para o Brasileirão.

Leão acredita que o grupo do São Paulo é bom, mas precisa de peças de reposição devidos aos constantes desfalques que sofre. Mas a diretoria do São Paulo enxerga que a solução passa pelo maior aproveitamento da base, algo que o atual treinador não concorda.

Na visão de Leão, os jovens ainda precisam de uma maior rodagem antes de serem cobrados em um time grande como o São Paulo. O treinador defende a tese de que os atletas recém saídos da base, caso de Ademilson e João Felipe, precisam ser emprestados a clubes de menor expressão para ganhar a chamada ‘cancha’.

Mas a ideia de Leão caminha numa direção totalmente oposta a da diretoria. O presidente Juvenal Juvêncio proferiu na última segunda-feira diversos elogios à base do São Paulo, e defendeu a tese de que o clube será mais forte em 2013 justamente pela quantidade de talentos que forma em Cotia.

“O que tenho em Cotia é uma barbaridade, vocês nem sabem. Podem me cobrar, em 2013 teremos um time forte, vencedor”, argumentou o presidente, que falou de dois casos em especial. “[Ademilson] Tem um vigor, vai ter a mesma fama ou maior que a do Lucas. E o João Felipe? O Ney Franco [técnico da seleção brasileira sub-20] falou que ele é um colosso”, gabou-se.

Divergências à parte, Leão externou após a eliminação na Copa do Brasil a sua preocupação com a reposição de peças no elenco, já que o retorno de Denilson para o Arsenal é dado como certo, e ele perderá Lucas e Casemiro para a seleção olímpica, além de outras baixas. “Eu acho que nós temos de melhorar para disputamos o titulo do Brasileiro. Precisamos melhorar o que é bom para ser muito bom, para depois ser ótimo. Por isso que já estou prevendo dificuldades daqui para frente”.

Fonte: Uol

2 comentários em “Eliminação expõe nova divergência entre Leão e diretoria quanto a reforços

  1. Repito, esse Juvenal está esclerosado.

    O Leão está mais que certo, o time precisa de reforços de qualidade para fazer a mescla com jovem que estejam aptos a atuar entre os titulares do São Paulo.

  2. PESSIMO JOGO CONTRA OS COXAS, MAS DEU P/ VER NITIDAMENTE QUE ALEM DE NÃO TERMOS GRANDES JOGADORES,O PREPARO FÍSICO DOS ATLETAS É PESSIMO. NOSSOS JOGADORES CAIAM ATÉ SEM BOLA. RIDICULO!!!!! VCS NÃO ACHAM?
    ESTA NA HORA DO SR. JJ TIRAR O DINHEIRO DO COFRE E CONTRATAR ALGUNS JOGADORES DE BOA QUALIDADE, CASO CONTRARIO O ANO QUE VEM, VAMOS DISPUTAR SABE O QUE? A SEGUNDONA!!!!!!!!!!!!!
    ACHO QUE OS COXAS MERECERAM CLASSIFICAR, E JURO QUE SEMPRE DEFENDI O DR. JUVENAL, MAS AGORA ELE PASSOU DOS LIMITES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*