Formação inédita é vista por Ney Franco como time ideal do Tricolor

A descontração vista nos treinamentos realizados pelo São Paulo, nesta terça-feira, não é explicada somente pela presença da equipe no G-4 do Campeonato Brasileiro. O bom momento do clube também reflete a ausência de desfalques e a possibilidade de Ney Franco escalar um time inédito para a partida desta quinta-feira, contra o Atlético-GO, no Morumbi. Esta formação é vista inclusive como a ideal para que a equipe possa alcançar os seus objetivos na reta final da competição nacional.

“Esta é a primeira vez que eu terei todos os jogadores à disposição para um jogo. Com exceção de dois atletas que ainda estão no departamento médico e um que está em campo trabalhando, hoje eu tenho força máxima para o Atlético-GO. Pela forma da equipe jogar e como ela se ajustou a esse sistema, eu posso considerar esta equipe tem força máxima”, analisou o técnico.

O time em questão será formado em cima do 4-3-3. Ney Franco passou a utilizar esta disposição tática nas últimas rodadas e alcançou os pontos necessários para ultrapassar o Vasco na tabela de classificação. Apesar de ainda não contar com o argentino Cañete, que não disputou nenhum jogo sequer neste ano, e Fabrício e Paulo Henrique Ganso, entregues ao departamento médico, o treinador já tem em suas mãos a equipe que será a base do Tricolor no restante desta temporada.

Luiz Pires/VIPCOMM

O time com todos os titulares à disposição de Ney Franco será testado pela primeira vez nesta quinta-feira

As principais alterações dizem respeito aos retornos de importantes atletas que estavam lesionados. Rogério Ceni e Luis Fabiano recuperaram condições de jogo e passaram a integrar o time titular do São Paulo nas últimas rodadas. Aliado a isso, o deslocamento de Paulo Miranda para a lateral direita trouxe uma nova postura para a defesa, enquanto Lucas e Osvaldo passaram a cumprir a função de pontas no esquema armado com três atacantes.

 

“São vários fatores. Desde a disposição dos jogadores até a chegada de novos nomes. O envolvimento dos atletas com os jogos também deve ser destacado. Eu estou trabalhando muito com relação a essa entrega. Não adianta eu chegar no grupo e falar que gosto de um 3-5-2. Você precisa de uma proposta de treinamento para ajustar a sua equipe e deixar os atletas envolvidos”, pontuou o comandante.

Com a disposição tática confirmada após os treinamentos desta terça-feira, Ney Franco finalmente atinge a escalação planejada desde a sua chegada. O mais perto que o treinador chegou de colocar o seu time em prática foi na vitória por 3 a 0 contra o Palmeiras, quando a única alteração feita na equipe foi a entrada de Edson Silva no lugar do suspenso Rhodolfo.

Sem qualquer problema para colocar os seus titulares em campo desta vez, o técnico escalará o São Paulo com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington e Jadson; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano. Esta formação terá o objetivo de evitar qualquer surpresa perante o Atlético-GO e conquistar os três pontos necessários para a manutenção da vantagem obtida sobre o Vasco na tabela de classificação.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*