Focado no San Lorenzo, São Paulo deve ter time B em Campinas

A pressão por uma vitória sobre o San Lorenzo no dia 18 é tanta que o discurso pronto de pensar nos adversários anteriores foi abandonado no São Paulo. Todos, sem exceção, tratam a partida contra os argentinos já como prioridade. Tanto é que, no domingo, muitos jogadores serão poupados do duelo contra a Ponte Preta, em Campinas.

“Temos que estar atentos ao San Lorenzo”, disse Muricy Ramalho, ao explicar o porquê de não ter escalado Paulo Henrique Ganso diante do São Bento, nesta quinta-feira. “A gente teve alguns probleminhas, indícios de problemas musculares, e estamos muito ligados nisso para o jogo com o San Lorenzo. Temos que ter jogadores inteiros”, acrescentou o técnico, depois de partida com protesto da torcida uniformizada em todo o segundo tempo.

“Quem sabe a gente consiga trazer o torcedor na próxima quarta-feira e a gente consiga dar uma resposta”, disse o goleiro Rogério Ceni, capitão e principal líder do elenco, igualmente focado no duelo com o campeão da edição passada da Libertadores. Duelo válido pela terceira rodada da fase de grupos e que será de fundamental importância para a classificação.

Preocupado com isso, Muricy já tem ideia de alguns atletas que ficarão na capital paulista e não enfrentarão a Ponte Preta, no domingo. O volante Denilson e o meia Michel Bastos, que têm participado da maioria dos compromissos, são dois deles. O volante Souza e o atacante Luis Fabiano também deverão seguir como baixas depois de já não terem enfrentado o São Bento por conta de dores musculares.

“Estamos tomando cuidado com todos os jogadores, mentalmente, treinamento, fisicamente. Jogos no Paulista são importantes, mas machucam. Hoje, também alguns jogadores sentiram, como o Centurión”, explicou o comandante, esperançoso em contornar o mau momento da equipe neste início de temporada.

“Vitória é importante. Só existe uma coisa que faz tudo ficar diferente. A coisa não está boa, mas com uma vitória, principalmente contra San Lorenzo, isso muda. O time pega embalo, a torcida vem junto. Por isso é que estamos trabalhando seriamente. É um jogo super importante. Estamos falando todos os dias com os jogadores. Com uma vitória dessa, traz tudo de volta, ambiente, torcida”, frisou, confiante e pressionado.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Focado no San Lorenzo, São Paulo deve ter time B em Campinas

  1. E o REFIS continua cheio… Para conferir: toda vez que o time entra em má fase constatamos uma elevada quantidade de jogadores se “escondendo” lá. São os chamados “bundões” chinelinhos. É só conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*