Fabrício se apresenta no Vasco e revela mágoa com São Paulo

O volante Fabrício, de 31 anos, se apresentou oficialmente nesta sexta-feira no Vasco. Em suas primeiras palavras como atleta do clube, ele rechaçou o rótulo de ser um jogador de muitas lesões e revelou mágoas com sua ex-equipe, o São Paulo. Taxando como um “namoro que não deu certo”, ele alegou que não teve oportunidades no Tricolor paulista e disse que lá há “pessoas que acham que entendem tudo de futebol”.

“Foi um namoro que não deu certo. Infelizmente, lá há pessoas que se dizem soberanas, que entendem tudo de futebol e, se achar que você não serve, dificilmente vai jogar lá. Posso citar casos como do Cícero e do Arouca, que foram para o Santos e se deram bem. O Rodholfo, que foi para o Grêmio, Casemiro, no Real Madrid (ESP), o Lúcio, que foi afastado numa situação parecida com a minha… Foram por essa e outras, mas minha autoestima continua alta. Chego aqui motivado”, disse o volante.

Ressaltando ser respeitado pelas torcidas de Corinthians e Cruzeiro, seus ex-clubes, e ele negou que seja um jogador que tenha se contundido muito:

“Fui rotulado como um jogador de muitas lesões mas, na verdade, isso não aconteceu. Principalmente no São Paulo. Eu tive uma lesão grave, em 2012, que foi no ligamento cruzado do joelho direito. Voltei no começo do ano passado e aí vieram alguns problemas de afastamento, uma muvuca danada no São Paulo e sobrou para mim. Mas não fiquei inativo. Treinei de lá para cá e o problema foi que não me deram oportunidade”.

Sobre a chance no Vasco, Fabrício disse que sua maior motivação será resgatar o clube para a Série A do Campeonato Brasileiro.

“Minha motivação maior era vim jogar e ajudar o Vasco. É uma situação incômoda para uma grande equipe como essa, com uma história linda no futebol brasileiro e mundial. Aqui passaram grandes jogadores. Não dá para aceitar essa equipe na Série B. Vamos buscar o título para levar o Vasco para onde merece”.

Fabrício rescindiu seu contrato com o São Paulo e assinou com o Vasco até o fim desta temporada.

Guilherme Biteco também é apresentado 

Junto com Fabrício foi apresentado o apoiador Guilherme Biteco, que estava no Grêmio e pertence ao Hoffenhein (ALE). Ele chegou com um contrato de empréstimo até o fim da temporada.

Pouco conhecido no futebol carioca, ele apresentou suas características:

“Eu gosto mais de jogar pela direita, mas se for para jogar pela esquerda, também jogo. Estou aqui para ajudar o Adilson Batista”.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*