Everton dará palavra final se pode ou não voltar no domingo

A utilização de Everton na partida contra o Botafogo, às 16h de domingo, no Nilton Santos, dependerá quase exclusivamente da palavra do jogador. Se disser a Diego Aguirre que está sem dor e confiante para fazer todos os movimentos, o camisa 22 voltará a ser titular do São Paulo na 27ª rodada do Brasileirão. Se disser que ainda se sente inseguro, será preservado para o clássico contra o Palmeiras, no sábado seguinte, no Morumbi.

Isso porque um exame de imagem realizado na segunda-feira mostrou que o jogador está clinicamente bem após um período de tratamento no Reffis. No que depender do departamento médico, estará liberado para retornar.

Ele ficou fora do jogo contra o América-MG, no último sábado, por causa de uma fibrose. Não se trata de uma lesão, mas de uma cicatriz de um problema antigo (sofrido em 2015, segundo o clube) que voltou a incomodar.

Nesta terça-feira, Everton correu no gramado e fez alguns exercícios sem bola com o fisioterapeuta Bruno Nestlehner. Se tudo ocorrer como previsto, ele pode estar reintegrado ao grupo no treino de quinta-feira de manhã.

As ausências do atacante ajudaram o São Paulo a cair de rendimento no segundo turno. Ele sofreu um estiramento na coxa esquerda durante a partida contra o Ceará, ficou fora contra Fluminense, Atlético-MG e Bahia, retornou contra o Santos e sentiu a mesma coxa, dessa vez 15 centímetros abaixo, na fibrose que o tirou do jogo contra o América-MG. Das sete partidas do Tricolor na segunda metade do torneio, só jogou os 90 minutos na primeira, contra o Paraná.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*