Em baixa, Osvaldo completa exatos seis meses sem balançar a rede

Enquanto os dias passam, a agonia do atacante Osvaldo pela falta de gols aumenta na mesma medida que a do torcedor são-paulino, ansioso para ver o camisa 17 recuperar o bom futebol e voltar a balançar as redes, algo que não acontece há muito tempo. Mais precisamente, o atleta completa, nesta quarta-feira, seis meses sem marcar. Seu último tento saiu ainda durante a fase de grupos da Copa Libertadores, na vitória por 2 a 1 sobre o The Strongest (BOL), no Morumbi, dia 28 de fevereiro.

Com a meta de superar 20 vezes os goleiros adversários na temporada, Osvaldo iniciou o ano com tudo e, logo nas primeiras partidas de 2013, mostrou que o tento na final da Sul-Americana do ano passado seria apenas o combustível para buscar marcas mais altas em relação à artilharia tricolor.

O começo arrasador, porém, teve seu último suspiro com o gol de empate diante do The Strongest (BOL). O São Paulo perdia por 1 a 0 para os bolivianos e o atacante anotou o gol de empate – Luis Fabiano viraria na etapa final. Depois, nas quartas de final do Paulistão, o camisa 17 chegou até a reivindicar em tom de brincadeira o gol que deu a vitória por 1 a 0 à equipe sobre o Penapolense, em que cruzou para o meio da área e o zagueiro Jailson, em lance de extrema infelicidade, acabou desviando de cabeça contra a própria meta.

Durante o ano, Osvaldo conheceu também a sensação de ser convocado para a Seleção Brasileira por Felipão, que o chamou para os amistosos diante da Rússia e da Itália. Contudo, o são-paulino não teve oportunidade de entrar em campo pela equipe nacional. Logo depois, uma lesão na região do quadril, sofrida contra o Corinthians, na semifinal do Estadual, manteve o atacante distante da lista para a Copa das Confederações, competição da qual, de fato, não participou.

No domingo, Osvaldo terá a chance de começar entre os titulares contra o Botafogo, no Maracanã, uma vez que Luis Fabiano e Aloísio estão suspensos e Ademilson deixou o jogo contra o Fluminense lesionado. Enquanto o confronto com o Fogão não chega e o jejum de gols não se encerra, o LANCE!Net relembra os poucos tentos marcados pelo jogador em 2013:

– São Paulo 5 x 0 Bolívar (BOL) – 23/01: Marcou o primeiro (1-0)
– Bolívar (BOL) 4 x 3 São Paulo – 30/01: Marcou o terceiro (0-3)
– São Paulo 3 x 2 Ituano – 16/02: Marcou o primeiro (1-0)
– São Paulo 3 x 0 Linense – 23/02: Marcou o segundo (1-0)
– São Paulo 2 x 1 The Strongest (BOL) – 28/02: Marcou o primeiro (1-1)

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.