Editor do Tricolor na Web mantém afirmações na Justiça

O Editor do Tricolor na Web, jornalista Paulo Pontes, esteve no Fórum de Cotia nesta quarta-feira, para prestar depoimento no processo que foi movido contra ele por José Geraldo de Oliveira, gerente do CT de Cotia, e Antonio Carlos da Silva, empresário que convive em Cotia, por conta da coluna “Alguém me disse” publicada em maio deste ano, falando sobre o que andava acontecendo no CFA Laudo Natel.

Por ser primeira audiência, a juiza que preside o inquérito não quis tomar depoimento, mas usou a sessão para tentar a reconciliação. Paulo Pontes imediatamente falou que não retroagiria um milímetro do que publicou.

Os acusadores queriam a retratação e Paulo Pontes, novamente, foi taxativo e afirmou que em hipótese alguma faria a retratação.

Não havendo condição de conciliação, a juíza Simone Rodrigues Valle decidiu encerrar a audiência, comunicando ao advogado dos acusadores que não mais presidiria o caso e o encaminharia ao Jecrim – Juizado Especial Criminal, ou seja, de pequenas causas. Aí caberá ao Ministério Público uma análise para ver se caberá dar sequência a ação ou se considera que não houve nenhum tipo de crime por parte de Paulo Pontes.

Como a ação é pública e já houve a primeira audiência, estamos autorizados a publicar as falhas que existem dentro do próprio processo que foi instaurado e que, no mínimo, requerem explicações por parte da diretoria.

Amanhã detalharemos o caso e você, torcedor do São Paulo, ficará abismado como que vamos relatar. Fique ligado no Tricolor na Web. Aqui não nos curvamos a caudilhos nem colocamos cabresto.

6 comentários em “Editor do Tricolor na Web mantém afirmações na Justiça

  1. Parabéns Paulo Pontes, é assim mesmo quando tem a razão não deve ceder, os incomodados com suas colocações que se expliquem, ou melhor peguem o boné e deixem o São Paulo em paz, chega de sacanagem na base.

  2. Paulo,
    Parabéns pela postura, caráter e retidão.
    Além do que, isso demonstra o seu grande amor pelo São Paulo. Quem dera a maioria dentro do Conselho do clube fosse assim…
    Sucesso nessa peleja.

    Antônio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*