E agora? Pato pede passagem, mas rival pode atrapalhar Muricy; entenda

O show de Alexandre Pato contra o Capivariano deve dar a Muricy Ramalho a famosa dor de cabeça boa. Os três gols e a assistência para Alan Kardec na última quarta-feira dão mais força ao pedido de parte da torcida para que o astro vire titular. O próprio atleta pede sequência, pois admite não gostar de ser reserva, mas reconhece a dificuldade da concorrência com Luis Fabiano e Kardec. Ainda assim, o treinador pode ficar em uma encruzilhada por conta do rival Corinthians.

A vitória no primeiro confronto com o Once Caldas pela primeira fase da Taça Libertadores coloca o rival no horizonte do São Paulo no Grupo 2. Se confirmado, o iminente duelo com o Corinthians no dia 18, fora de casa, só teria Pato em campo mediante o pagamento de uma multa de R$ 1 milhão do Tricolor para o time do Parque São Jorge. A questão barrou a escalação do atleta em um Majestoso do ano passado. Ele está emprestado pela equipe alvinegra até o fim do ano.

Alexandre Pato, bola do jogo, São Paulo (Foto: Marcelo Hazan)Após três gols e assistência, Pato levou a bola do jogo contra o Capivariano (Foto: Marcelo Hazan)

Assim, Muricy terá de decidir se opta por usar Pato como titular nas próximas rodadas do Paulista, sob o risco de não tê-lo contra o Corinthians. Ou se mantém Luis Fabiano ao lado de Alan Kardec, ou outro companheiro na frente, pensando em preparar o time para a principal competição da temporada.

– Eu quero jogar. Só depende de mim. Eu tenho de correr atrás, porque não gosto de ficar no banco. Então tenho de aproveitar todas as oportunidades que tenho. Aproveitei hoje (quarta-feira) e espero ter cada vez mais chances. Temos muitos atacantes. Acho que vai acontecer muito revezamento. Eu não quero fazer parte apenas, quero estar jogando (risos), mas quem manda é o professor – disse Pato.

O comportamento do atacante mesmo no banco agrada Muricy. O treinador prometeu “não desistir do jogador” e disse não ter problemas para administrar o ambiente com jogadores de nome entre os reservas. Na visão do vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, esse será o principal desafio do treinador, dono do melhor elenco do Brasil, segundo o dirigente.

– Muricy é o melhor técnico do Brasil, por isso está aqui. Agora ele tem de mostrar que é bom de administrar banco. Ele tem condições para isso. O principal problema dele é esse. Ele mesmo diz que o Pato tem tudo para ser titular, como todos aqui têm. O elenco é jovem, equilibrado… Eu não trago veterano, só se for excepcional. Trouxemos todos com menos de 30. Muricy vai ter de administrar o banco – disse Ataíde, durante a apresentação de Centurión, na terça-feira.

Questionado sobre se esse realmente seria seu principal desafio, Muricy mostrou irritação.

– Isso aqui era um desastre há um ano e meio (quando voltou ao São Paulo). Hoje é um relógio de disciplina e boa postura, não tem nem mais concentração. Ninguém precisa falar o que eu tenho de fazer. Sou profissional, tenho 40 anos de futebol. O que eu tenho de melhor é o ambiente. Esse é o meu forte. Eu não tenho de administrar nada. O jogador confia em mim, sabe que comigo é justiça e não tem sacanagem. Administro isso aqui facinho, facinho – afirmou.

No fim de 2014, o presidente Carlos Miguel Aidar cobrou mais rendimento de Pato. A primeira atuação do atacante como titular na temporada deixou o dirigente e a torcida esperançosos.

 

Fonte: Globo Esporte

19 comentários em “E agora? Pato pede passagem, mas rival pode atrapalhar Muricy; entenda

  1. Para deixar claro: sou sãopaulino roxo, como se dizia antigamente, torço e torci para o time até quando o Leão e o Ney foram técnicos. São Paulo sempre em primeiro lugar.
    Considero o Muricy uma pessoa correta, honesta e torço muito para que ele não demore 6 meses para achar o time certo.
    Isso não quer dizer que não posso criticá-lo.
    Eu ia continuar dizendo sobre as escalações, mas acho que por enquanto é o suficiente.

  2. SENHOR PRESIDENTE, pague a multa do PATO para jogar contra o time de Itaquera. Vale a pena pagar 1 milhão para avançar na libertadores! Vai chocar todo mundo!

    • Mala e engandor, um ENTREGADOR DE COLETES, só quem não manja nada de futebol que vai na dele, como essas Muricetes.

      O treineiro precisa de uma seleção para montar um time, mesmo assim cheio de falhas.

      Vejam o que o Tite fez com os gambás em menos de um mês e olhem o time do SPFC com mais de um ano e meio nas mãos desse ENTREGADOR DE COLETES CHORÃO.

        • Ou o Muricy é um super gênio que o Barça, o Madrid, o Munique não conseguiram enxergam ainda ou o rebaixamento não era tão certo assim.
          Em um mês não se sai de um “rebaixamente certo”.
          Leia o comentário do Paulo RP e acrescento que o time não cairia de jeito algum. Seria mais complicado, mas sairíamos. Se o time horroroso da Sep, com técnico meia boca saiu de um rebaixamento, muito mais “certo”, sairíamos até com o nei fraco no banco.

          • Então você usa uma hipótese bem furada como essa pra rebater o fato de que em 1 mês o Muricy mudou completamente o São Paulo de 2013? Por que esse efeito incrível de deixar um time 10 jogos sem perder por conta da “novidade” não aconteceu com o Paulo Autuori? Quem quer só criticar acha cada argumento fantástico. Ou é sorte ou é adversário que do nada vira baba, ou é efeito moral que acontece só pra quem vcs querem que aconteça.

            Veja bem, não estou falando pra você começar a gostar dele, só estou dizendo o que de fato aconteceu, e pelo menos o fato você tem que admitir. Ninguém está acima de críticas, mas tem hora que a torcida passa do ponto do mesmo jeito que passou ontem com o Maicon.

            Porra, escapamos de um rebaixamento que estava sim certo, com um time horrível. Fomos vice campeões brasileiro com uma zaga HORRÍVEL. Agora, se você disser que prefere ver o time prezando a proteção a defesa e jogando feio, tentando ganhar por 1×0 aí será muita desonestidade. Se não vier jogador bom pra zaga não vamos ganhar nenhum mata-mata esse ano de novo, pelo mesmo motivo que tomamos 2 gols do Capivariano ontem. Mata-mata você não pode levar gol, não dá pra ganhar mata-mata com uma zaga que toma gol dentro de casa que vale o dobro no critério de desempate.

            Acho digno de pena o outro camarada aí que fala que o Muricy é chorão e só quer jogador bom, como se isso fosse um defeito. Que comentário mais maluco, eu também quero ver jogador bom no meu time, não dá pra conquistar nada com aqueles lixos, ou por acaso o Cruzeiro foi campeão com Antônio Carlos, Paulo Miranda e Edson Silva na zaga? Os caras tem Dedé e Manoel, e ainda estão atrás do Dória. Vai lá ver se o Marcelo Oliveira consegue alguma coisa com um Zé das Couve qualquer. Vcs esquecem também que o Muricy foi campeão no Santos e no Fluminense, e só não levou também pelo Inter em 2005 porque meteram a mão a favor do Corínthians (pra variar).

            Pode não ser o melhor técnico do país, mas sem dúvida é um dos mais vitoriosos, olha o currículo do cara. Tem título de pontos corridos, mata-mata, estadual, nacional, sulamericano, com time bom e time merda como o S. Caetano de 2004.

            Tem gente que anda jogando muito videogame antes de vir comentar aqui.

            • O Muricy tirou o São Paulo da degola não porque é fodastico, mas porque é sãopaulino e vencedor dentro do clube e conhece tudo que se passa nos bastidores Tricolor.
              Ele mexeu muito mais com o psicológico, apesar de dizer que jogador de futebol não precisa disso. Ele deu calma e puxou a responsabilidade. Pelo time que tínhamos, sairíamos sim
              Ele não fez nenhum esquema maravilhoso, não tirou jogadores do banco e coisa e lousa e mariposa.
              Queda certa é quando o time está em último ou pelo menos longe do primeiro que não cai. Para sair desta situação leva muito mais que um mês. O São Paulo não se encontrava assim.
              O que precisamos agora é que ele treine o time e escale os melhores.
              O Dedé é uma piada que até pode virar um grande jogador. Foi muito criticado no Cruzeiro. (Mito?).
              Outra, só disse que ele é um chato que reclama de tudo e escala errado porque tem adoração por certos jogadores.
              De resto, nunca joguei video game e nem sei como funciona, mas você parece entender.

              • Vou ignorar então tudo que eu disse e que você disse até agora, e peço que por favor você ou qualquer pessoa me explique de uma forma que eu consiga entender:
                Como um mero motivador, entregador de coletes inútil, chorão e burro como o Muricy pode ter conquistado 4 Campeonatos Brasileiros (o único tri-campeão seguido, só não são 5 pela vergonha em 2005 a favor do Corínthians), ter conquistado 2 torneios sulamericanos (Conmebol e Libertadores), ter 7 campeonatos estaduais (entre eles um paulista pelo São Caetano) e ser o melhor treinador brasileiro de 2005, 2006, 2007, 2008 e 2010.
                Se me explicarem isso de uma forma satisfatória, juro que nunca mais respondo nenhuma dessas críticas fracas e redundantes que vocês colocam aqui.

                • Tá bom, vou desenhar:
                  . Burro foi você quem disse. Não tenho procuração para falar pelos outros e nem vontade.
                  . Se chorão for igual a mala, já coloquei em outra mensagem porque acho o cara uma imensa mala.
                  . Também não disse que ele era “um mero motivador”. Você é quem está dizendo. Novamente, coloquei em outra mensagem que psicologicamente ele foi um fator decisivo para a tranquilidade do time.
                  . Que mais? Ah, não me interessa a quantidade de títulos que ele ganhou. O que me interessa é o que está fazendo atualmente.
                  . Se é para pegar um técnico que ganhou títulos no passado, chamem o Luxa. Depois do Telê ele foi o melhor. Continua em atividade vivendo de frases de efeito.
                  . Novamente você não tem argumentos e apela para a agressão pessoal tentando intimidar.
                  . Melhor que isso não consigo desenhar.
                  . Resumindo: burro é você. É…, parti para a agressão pessoal. Você merece.

                  • De boa, estou torcendo demais para o Muricy acertar.
                    Acho que temos tudo para ganhar títulos este ano.
                    Só não podemos deixar o Muricy muito a vontade.
                    Eu me preocupo demais com as escolhas que ele faz.

                  • Sem querer tripudiar, mas o Dória chegou.
                    Melhor ser jogador de video game do que acreditar na imprensa gambá.
                    O bizarro é que você joga video game e acredita na imprensa gambá.

                  • Carlos, não falei apenas dos seus comentários, foi um apanhado das últimas reclamações que pintaram por aqui, mas você está fazendo questão de levar pro pessoal então discuta aí sozinho que não tenho mais saco pra falar com gente comum na internet.
                    Ainda vou aguardar alguém que tenha argumento e decência de conversar que me explique como um mero motivador e bla bla bla consegue atualmente continuar a ser um dos melhores treinadores do Brasil, reconhecido por quem vive de futebol. O Luxa não consegue nada além de fracassos há anos, o Muricy foi campeão da Libertadores há 4 anos atrás e vice brasileiro no ano passado, é bem atual o sucesso dele.
                    Meus argumentos estão aí com uma relação de feitos (recentes) que o cara conseguiu, meu ponto de vista do rebaixamento do ano passado e meu ponto de vista do porque uma zaga dessa não consegue nada em mata-mata. Se mais alguém tiver um contra argumento decente que não seja “Muricete” ou “burro está me agredindo com argumentos” estou interessado, do contrário melhor guardar as ofensas pra si e não ficar passando vergonha esperneando.
                    Vou colocar um comentário bem politicamente incorreto mas que ilustra muito bem o que eu penso dessas revoltinhas online: briga de internet é igual olimpíada da AACD, não importa quem acha que ganha, continua um retardado.

                    • Não.
                      Os meus argumentos são os meus argumentos.
                      Não tenho o menor problema com as diferenças de opinião.
                      Acho que as diferenças enriquecem.
                      Agora, se você tem opiniões contrárias às minhas, contradiga o que eu disse com argumentos e de maneira respeitosa, como eu sempre faço.
                      De boa, nem li o resto que você escreveu.
                      E acabei por aqui e pedindo desculpas para o dono do site pela controvérsia em casa alheia.
                      Abraço,

    • Pelo jeito mexi com alguma coisa que não sei o que é.
      Vou me dar ao trabalho de responder aos “argumentos”.
      “quando cheguei aqui há 1 ano e meio isso era uma zona” ele diz a cada 2 entrevistas.
      “eu não desisto de jogador nunca” idem. Ou seja, ele é o bom que recupera jogador. Mentira. O Pato tá jogando muito desde o ano passado, mas até o Admilson tinha mais chances de jogar.
      O time perde ou joga mal, “nosso elenco é uma porcaria”
      A Diretoria correndo para suprir todas as posições que ele pediu neste ano e ele continuava reclamando que tava lento as contratações. Pelo jeito os negociadores foram bons.
      O presidente agora cobra dele resultado e de novo ele dá chilique.
      Encheu. Se ao menos ele escalasse os melhores. É perigoso o Rogério sair para o Maicon entrar. Acho estranho vaiarem o Maicon que é um bom jogador e aplaudirem que o coloca, seja em que posição for.
      Para ganhar a baba de 500 paus por mês, tenho certeza que escalaria esse time bem melhor.
      Mas o mais estranho de tudo isso é eu chamar um cara de mal e outro me perguntar se “tá tudo bem em casa”. Freud explica muricetes.

      • Gostei de seus argumentos, Carlos Luchetta: penso como você!
        Digo mais: se o Murici se gaba de ter “livrado o time da segundona” é para quem não entende lá muito bem de futebol. Ele teve a felicidade de chegar na hora certa (para ele) quando o SP pegou nove “babas” mais o Cruzeiro no mineirão. Ficou dez jogos sem perder por conta da novidade de sua volta mais o embalo por ter vencido o primeiro colocado em seu campo. Foi só perder o primeiro e a “massa desandou” de novo, terminando por perder a chance de ir à final da Sul-Americana para a PP que, na época, já tinha caído para a segundona. Não foi só perder: tomamos um baile tático dentro do Morumbi e levamos de 3!
        Também não entro nesta de “salvador de segundona” tão propalado por ele e seus admiradores…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*