Dudu nega cotovelada e vê expulsão de Rafael Toloi como justa

Aos sete minutos de jogo, o Palmeiras já vencia o clássico com o São Paulo por 1 a 0 com o golaço de Robinho, mas se viu em situação ainda mais confortável com a expulsão de Rafael Toloi. O zagueiro fez falta dura em Dudu, recebeu uma cotovelada de volta, mas quis tirar a prova na confusão e acertou o atacante alviverde sem bola na sequência.

O árbitro Vinicius Furlan não viu o lance, mas foi orientado pelo quarto árbitro a apresentar o cartão vermelho para Toloi, o primeiro recebido por um atleta do Tricolor nesta temporada. Os são-paulinos ainda tentaram convencer o juiz a expulsar também Dudu, que no intervalo da goleada palmeirense por 3 a 0 admitiu que acertou o zagueiro.

– Eu toquei a bola e saí da dividida para procurar jogo. Depois disso não sei se meu cotovelo pegou nele. Mas se pegou foi sem querer e eu também não vi, foi na minha corrida. Foi sem querer, se pegou peço desculpas a ele. Depois ele me pegou sem bola e foi expulso. Foi justo. Isso só prejudicou o time deles – reclamou o camisa 7 do Verdão.

Muito antes de cavar a expulsão de Toloi e ainda dar passe preciso para Rafael Marques fazer o segundo do Palmeiras no clássico, Dudu já protagonizava o Choque-Rei nos bastidores. Ele era o principal pedido de Muricy Ramalho para esta temporada e chegou a ficar bem próximo de acertar com o São Paulo, mas o Palestra entrou firme nas negociações e aplicou o chapéu no rival. Agora, o atacante comemora sua melhor partida pelo Alviverde.

– Sim, fizemos um bom jogo desde o primeiro minuto, pressionando a equipe deles até saírem os gols. Temos que descansar agora porque são muitos jogos ainda pela frente. Acho que foi (meu melhor jogo). Procuro sempre evoluir, esse é meu pensamento e o do Palmeiras todo. A equipe está de parabéns – destacou.
Fonte: Lance

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*