Diretor do Vitória aponta divergência com São Paulo e vê Lucão distante

A contratação do zagueiro Lucão pelo Vitória se tornou uma possibilidade remota. Na tarde desta segunda-feira, durante a apresentação do lateral-direito Patric, o diretor de futebol rubro-negro, Sinval Vieira, afirmou que as negociações pelo jogador travaram. O tempo de contrato é o principal motivo de divergência. O São Paulo, que detém os direitos federativos do defensor, só aceita um empréstimo curto, até o fim do estadual. O clube baiano, por sua vez, está interessado em contar com o atleta durante toda a temporada.

– Vai ser difícil a vinda de Lucão porque o São Paulo só quer liberar ele até o final no estadual. E isso a gente não vai aceitar. Não vamos trazer um jogador para depois do estadual eles pedirem. Isso não interessa. Estamos fazendo um elenco para o ano. Para mim, hoje, eu disse ao Lucão que está descartado. Se não conseguir até o final do ano não me interessa – comentou.

Para contar com Lucão, o Vitória se preparava para uma espécie de permuta. A ideia era a de liberar o meia colombiano Cárdenas, que tem contrato até o fim deste ano e despertou o interesse do Coritiba, para o Tricolor paulista em troca do zagueiro.

– Com o São Paulo tinha uma coisa conversada de uma pergunta de empréstimo. Claro que vai cair. São Paulo já caiu. Coritiba continua sempre querendo saber, mas como existia essa tratativa com o São Paulo a gente deu uma parada. Vamos ver se o Coritiba volta – contou Sinval Vieira.

Lucão era um alvo para reforçar um setor que iniciou a temporada sob críticas. A defesa do Vitória tem sido um dos pontos fracos da equipe de Argel Fucks. Em oito partidas oficiais disputadas em 2017, foram sete gols sofridos.

Com a contratação de Patric e o fracasso momentâneo nas tratativas por Lucão, a tendência é que o Vitória entre em hiato no processo de contratações – 16 novos jogadores desembarcaram na Toca do Leão até aqui. Segundo Sinval Vieira, os atletas que interessam não estão disponíveis no momento.

– Não é fácil. Não vamos falar de posição diretamente. Nós não paramos de estarmos atentos aos jogadores, mas os jogadores que desejamos, com certeza, não estão disponíveis agora. O caso de Patric, eu queria esse jogador. Nós estamos tentando trazer jogadores que a gente vê, gosta. É isso que a gente está tentando. Confesso a vocês que Patric veio, e Lucão dificilmente virá. Não tem nenhum outro jogador que será contratado pelo Vitória. Até porque os jogadores que nós queremos não estão à disposição – finalizou.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Diretor do Vitória aponta divergência com São Paulo e vê Lucão distante

  1. Meu Deus! O São Paulo não ata nem desata quando o assunto é o Lucão. Por que não deixá-lo jogando no Vitória, sem preço fixado, até o fim do ano? Pode muito bem ser bom para todos os lados. No SP, hoje, ele é o sexto jogador para a posição e dificilmente terá oportunidades. Além do mais, a torcida o tem como perna-de-pau e a pressão sobre ele sempre será maior jogando por aqui. Caso fosse bem a ano inteiro na Bahia, o tricolor poderia recuperá-lo para seu time; caso contrário vai continuar pagando salário para nada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*