Diretor do São Paulo vê Palmeiras fora da curva e quer erro zero em reforços

Praticamente livre do risco de rebaixamento no Brasileirão, o São Paulo pensa cada vez mais em 2017. Principal responsável pelo departamento de futebol, o diretor-executivo Marco Aurélio Cunha viaja nesta segunda-feira aos Estados Unidos, onde vai checar as instalações do clube para a Torneio da Flórida, competição de pré-temporada em janeiro.

Paralelamente a isso, Cunha continua o planejamento de elenco para o próximo ano. De olho em reforços protagonistas, ele vê o rival Palmeiras como exceção no mercado por conta do presidente Paulo Nobre.

– É muito difícil falar de contratação porque todos estão fechados, guardando o baralho. Ninguém apresenta. Sabemos o caminho dos times tentando se reforçar. Há leilão de alguns jogadores. No mercado, ninguém tem dinheiro, essa é a verdade. Exceção talvez é o Palmeiras, por conta do seu presidente, que aliás cumprimento pelo que tem feito de bom ao futebol. Precisa ter paciência para contratar bem e não errar. Nem contratar por ímpeto – disse Marco Aurélio

O atacante Keno, do Santa Cruz e perto do Palmeiras, foi oferecido ao São Paulo. Mas o clube do Morumbi considerou alto os valores de salários, comissão de agentes e compra dos diretos econômicos acertados pelo rival.

Wellington Nem, do Shakhtar Donetsk, e Nilmar, do Al-Nasr, são alguns dos nomes ofensivos na mira do São Paulo. Willian, do Cruzeiro, Sassá, do Botafogo, e Rafael Marques, do Palmeiras, também são citados internamente.

Para pregar paciência na escolha dos nomes, Marco Aurélio lembra do exemplo do pedido insistente de torcedores nas redes sociais por Dátolo, do Atlético-MG. O nome foi descartado pelo Tricolor pela alta remuneração e condição física aquém do desejado. Antes do término do período de inscrições no Brasileiro, a ideia era fechar com atletas aptos a jogar imediatamente. Depois de ser recusado pelo São Paulo, o argentino acabou se lesionando novamente, fato usado como prova de escolha certa no clube.

Diante da forte concorrência no mercado, o São Paulo precisará ter criatividade, segundo Marco Aurélio. Ele gostaria de acertar com ao menos um camisa 10 e um camisa 9 protagonistas. Há interesse na permanência de Mena, desde que não seja necessário pagar a intermediários e comprar os direitos econômicos do chileno, e Kelvin, emprestado pelo Porto até o fim do ano.

– Se você pegar 10 ou 15 nomes no mercado todos querem. Talvez tenha de usar a criatividade. Alguém que está no mercado, tem interesse de voltar ao Brasil e está jogando frequentemente. Precisa ter saúde para voltar e se adequar ao calendário. Muitas coisas são analisadas, não é só ir na feira e colocar no carrinho – disse.

 

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “Diretor do São Paulo vê Palmeiras fora da curva e quer erro zero em reforços

  1. Duvido que o Sassá dê certo no São Paulo! Uma coisa é você desenvolver um bom trabalho num time como o Botafogo que frequentava a zona de rebaixamento o tempo todo, onde não havia grande concorrência de jogadores, muito menos que alguém esperasse mais que permanecer na primeira divisão no final do campeonato. Já no SPaulo, o tempo todo pressionado por ganhar algum título, não acredito que ele fosse o cara para nossa camisa 9. Quanto ao Rafael Marques então, seria pior que contratar o Luis Fabiano; porque este, ao menos, sabemos são-paulino…

  2. Coisas que o beto falou em 2016

    1] Rodrigo caio melhor zagueiro do Brasil e vai pra seleção = aconteceu

    2[] troca bauza por cuca = pappa campeão brasileiro

    3[ Tiago Mendes melhor volante do Brasil = aconteceu

    4] soberano não cai = aconteceu

    Espero que façam tudo que vai esta na carta do Beto para 2017

    Luxemburgo 90% de chance no soberano em 2017

    Pra sempre soberano

  3. Acho que não entendo nada de futebol, mas Wellington Nem, Nilmar, Willian, Sassá, Rafael Marques, Dátolo…
    Não considero nenhum “reforço de peso” (só se for na folha de pagamento…) ou fariam parte de um time dos sonhos do SPFC, mesmo com o bolso vazio, sou mais apostar nos garotos…

  4. A verdade q o gustavo se mostrou muito competente nos reforços e renovaçao de contratos c a base.
    O ideal seria MC e Gustavo juntos mas entendo q a vaidade fale mais alto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*