Diego Souza revela conversa de Aguirre com o grupo antes do gol

O São Paulo não fez um bom primeiro tempo e só conseguiu o gol da vitória em cima do Bahia na etapa final. Diego Souza, herói do Morumbi nesse sábado, revelou, após o confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o conselho de Diego Aguirre durante o intervalo.

“Não conseguimos ser totalmente superiores, mas o Aguirre tem o espírito tão bom que disse ali para a gente (no intervalo) que não importava como ia ser, mas no fim tínhamos de ser felizes. As mudanças deram certo e felizmente saímos vitoriosos”, contou o camisa 9, para em seguida discordar de quem entende que o Tricolor vinha caindo de rendimento nas últimas rodadas.

“Caiu de produção? Cada um vê de uma forma, jogos são difíceis, contra o Fluminense o lance crucial que foi minha expulsão, contra Atlético-MG a gente foi muito superior, e hoje jogo morno, mas fomos superiores para vencer o jogo”, opinou.

Por fim, o centroavante fez questão de valorizar a presença de 43.555 torcedores no estádio Cícero Pompeu de Toledo, apesar do feriado e do frio paulistano.

“Sem dúvida, a gente precisa muito disso aqui cheio, a gente fica feliz quando chega no meio de semana e vê que tem 40 mil vendido, dá aquele friozinho na barriga”, concluiu.

Antes de colocar Tréllez e Liziero nas vagas de Everton Felipe e Régis, Diego Aguirre fez uma mudança tática no São Paulo. O uruguaio devolveu Rojas à ponta direita na etapa final. Apesar da melhora, Edimar explicou que o problema do time no jogo vinha sendo outro.

“O treinador sabe o que é melhor para o São Paulo. No primeiro tempo tivemos dificuldade não por causa da mudança do Rojas, no primeiro tempo a gente não teve tanto a bola, demoramos para balançar o jogo”, explicou o lateral, que nesse sábado supriu a ausência de Reinaldo.

A vitória deixou o São Paulo três pontos acima do Internacional, que nesse domingo terá o clássico com o Grêmio no Beira-Rio. Apesar da disputa direita, Nenê deixou o campo garantindo foco apenas no próprio clube.

“Não podemos desistir em nenhum momento. Sabíamos que precisávamos desse resultado. Não tem de pensar nos outros, é pensar na gente e no próximo jogo”, avisou, já visando o clássico com o Santos, domingo que vem, na Vila Belmiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*