Desfalque do São Paulo pela primeira vez, Pratto finaliza menos com Dorival

O próximo desafio do São Paulo pelo Campeonato Brasileiro terá uma novidade: a ausência de Lucas Pratto. O centroavante disputou todos os 20 jogos da competição, e é quem mais tempo ficou em campo entre os atletas de linha da equipe: 1.888 minutos.

O argentino cumprirá suspensão em seu pior momento técnico desde que foi contratado, no início de fevereiro. Além do baixo número de gols – cinco no Brasileirão, o último na vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, no dia 19 de julho –, ele mal tem tido chances de marcar. Nas duas partidas mais recentes, contra Bahia (1×2) e Cruzeiro (3×2), ele só conseguiu finalizar uma vez, diante dos mineiros.

  • Jogos em que Pratto mais finalizou: SEIS, contra Vitória (2×0), Flamengo (0x2) e Coritiba (1×2)
  • Jogo em que Pratto menos finalizou: NENHUMA, contra o Bahia (1×2)

A troca de técnicos, inclusive, representa uma queda no número de chutes a gol dados por Pratto. Nos 11 jogos disputados sob comando de Rogério Ceni, ele finalizou, em média, 3,4 vezes. Nos outros nove confrontos (oito de Dorival Júnior e um com o interino Pintado), a média caiu para 2,6.

Pratto finalizava 3,4 vezes por jogo com Rogério Ceni. Após demissão do técnico, média caiu para 2,6 no Brasileirão. Até pouco tempo atrás, ele liderava esse quesito no campeonato. Agora é o segundo, com 62 finalizações, uma a menos do que o líder Lucca, da Ponte Preta. Em média, Pratto é o oitavo (3,1).

A bola tem chegado menos ao argentino, de fato. Esse é um dos problemas ofensivos do São Paulo. No último domingo, mesmo com os três pontos garantidos, o treinador pediu mais lucidez com a bola nos pés, na troca de passes pelo meio. O baixo número de jogadas de linha de fundo também preocupa. Para melhorar a recomposição defensiva, Dorival trocou Júnior Tavares, um lateral-esquerdo com vocação mais voltada para o ataque, por Edimar, mais conservador.

Com apenas um jogo por semana nessa fase do Brasileirão, Pratto voltará a campo no dia 27, no clássico contra o Palmeiras, no estádio do rival. Serão duas semanas de treinamento intensivo, mas também descanso físico e mental. No clube, pessoas da comissão técnica ressaltam que o argentino sente demais a má situação na tabela, e precisava mesmo de um tempo.

Lucas Pratto São Paulo (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Lucas Pratto São Paulo (Foto: Erico Leonan / site oficial do SPFC)

Além de Pratto, que muito provavelmente será substituído por Gilberto, o Tricolor também não terá seu companheiro Marcinho, punido com o terceiro cartão amarelo. Ele também participou de todos os 20 jogos da competição. Com o retorno de Cueva, que ficou fora pela mesma razão frente ao Cruzeiro, Dorival Júnior tem a opção de manter Marcos Guilherme entre os titulares.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Desfalque do São Paulo pela primeira vez, Pratto finaliza menos com Dorival

  1. Bom jogador, todos acham , masss não passa por uma boa fase, quem sabe esse jogo fora ele volte melhor, vamos observar o time com gilberto se jogar mais tem q continuar simples assim….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*