Léo Cittadini desconversa sobre interesse do São Paulo

Após o empate do Santos com o Fluminense, nesta segunda-feira, no Pacaembu, o meio-campista Léo Cittadini evitou falar muito sobre o interesse do São Paulo em contratá-lo. O jogador disse desconhecer a negociação e deixou as conversas sobre o futuro para seus agentes.

– Quem cuida dessa parte são meus empresários. Até agora, não sei de nada. Eles que estão cuidando disso. Meu foco é no Santos, espero ajudar – afirmou.

Cittadini, de 23 anos, foi titular no duelo diante dos cariocas e teve bom rendimento ajudando na marcação e auxiliando Lucas Lima na criação das jogadas. Foi apenas a quarta partida sob o comando do técnico Levir Culpi.

O Chievo, da Itália, tem interesse em Cittadini, mas o valor de compra fixado sugerido pelo Alvinegro no empréstimo (5 milhões de euros – R$ 18,5 milhões) esfriou as conversas. A ideia do Tricolor é tê-lo por empréstimo de um ano. Seu contrato com o Peixe termina no fim de 2018. Os presidentes Carlos Augusto de Barros e Silva e Modesto Roma Jr. são bastante próximos.

Léo Cittadini é armador de origem, mas foi habitualmente utilizado como segundo volante por Dorival no Santos. O atleta nunca teve grande sequência como titular, mas sempre figurou entre as primeiras opções no banco de reservas.

Essa posição de segundo volante tornou-se uma carência no São Paulo depois da venda de Thiago Mendes para o Lille, da França, e os afastamentos de Wesley (negocia rescisão de contrato) e Cícero (liberado para procurar outro clube).

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Léo Cittadini desconversa sobre interesse do São Paulo

  1. Esse maldito treinador quer trazer os parceiros dele.
    Com certeza tem algo por tras disso.
    Esse cara não forma la no penico, vai vir para ca???
    Já não bastasse trazer esse treinador segunda divisão vamos deixar ele trazer a curriola???
    O leco é um desgraçado.

  2. Com a venda de Centurion, 160 Milhões de reais na conta do São Paulo. E só contrataram refugos, emprestados e a custo zero.

    Ninguém questiona onde esse dinheiro foi/será gasto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*