Depois de Centurión, São Paulo vê Michel Bastos com ciclo perto do fim

A trajetória de Michel Bastos no São Paulo pode terminar antes do previsto. O jogador tem contrato até dezembro de 2017, mas a intenção da diretoria é negociá-lo antes. A análise é semelhante a do argentino Centurión: o ciclo de Michel está chegando ao fim.

A diretoria já atuou nessa janela de transferências internacionais pensando no planejamento da próxima temporada. A tendência é que Michel fique fora dos planos e seja envolvido em alguma negociação na janela de janeiro. Mas ele já poderia ter saído.

Uma prova de que o camisa 7 não é mais peça-chave no planejamento é que o clube tentou envolvê-lo em uma troca com o Palmeiras pelo atacante Rafael Marques. As diretorias trataram da troca dos atletas, mas a tentativa foi encerrada quando Marques fez o sétimo jogo no Campeonato Brasileiro contra o Internacional, no último dia 17, no Beira-Rio.

Em Porto Alegre, Rafael Marques ultrapassou o limite de partidas para poder defender outro clube da Série A no Nacional deste ano. No mesmo dia, Michel Bastos entrou em campo pela sexta vez, contra o Corinthians, na Arena Corinthians. O camisa 7 fez o sétimo jogo no último domingo, contra o Grêmio, também em Porto Alegre.

O Palmeiras não comenta a negociação. De acordo com uma pessoa próxima à diretoria do Verdão, um membro da cúpula do São Paulo sugeriu a troca, mas as conversaram não chegaram a avançar. A diretoria tricolor não comenta o assunto. Também houve proposta pela compra de Marques.

Fato é que a situação de Michel Bastos voltou a ficar complicada diante da reformulação que está em andamento. A diretoria tem priorizado a contratação de jogadores com perfis diferentes.

Este ano, Michel já esteve para sair. Ele chegou a dizer a diretoria que não havia mais clima, diante da perseguição da torcida, mas foi demovido da ideia. Ficou e se recuperou, sendo importante para o time na Libertadores. No entanto, se lesionou nas quartas de final e não voltou mais a jogar bem.

Fonte: Lance

4 comentários em “Depois de Centurión, São Paulo vê Michel Bastos com ciclo perto do fim

  1. Migué Bastos + Wesley=bichos preguiças escorados no SPFC, enganadores de primeira.

    De graça já seria lucro se esses dois saissem, vendendo então, tem que soltar fogos!

  2. Prá mim esse cara já enganou demais. Teria que ter sido mandado embora depois daquele jogo contra o Palmeiras em que ele desrespeitou o Murici em um lance de lateral. È isso que dá passar a mão na cabeça de jogador. Os caras ganham uma puta grana e ainda ficam querendo mais. Tem que pagar em dia e exigir que joguem bola no nível pelo qual foram contratados e respeitando o salário que ganham e a história do clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.