Denilson lamenta falta de sequência e quer aproveitar possível chance

O jogo desta quarta-feira entre Atlético-PR e São Paulo pode ser a chance do volante Denilson “renascer” na equipe comandada por Muricy Ramalho. Sem Maicon, suspenso, o jogador disputa a vaga com Hudson, e pode fazer sua estreia no Brasileirão deste ano. Na temporada, Denilson vestiu a camisa do São Paulo apenas duas vezes: contra o Bragantino e contra a Portuguesa, ambas pelo Campeonato Paulista. Aparentemente tranquilo com a situação, o volante lamentou o fato de ter entrado poucas vezes em campo em 2014, mas espera mudar essa situação.

– Até o ano passado estava jogando e infelizmente esse ano joguei pouco. Se entrar, espero fazer o melhor pelo time como sempre faço, e sair com a vitória que é o mais importante. Sempre cheguei para treinar com objetivo de, quando aparecer uma oportunidade ir bem, e não sair mais do time – disse o jogador, em entrevista ao LANCE!Net.

Se Hudson chegou ao clube após o Estadual, Denilson já é velho conhecido do Tricolor. Revelado pelo São Paulo em 2005, o jogador de 26 anos passou cinco temporadas no Arsenal (ING) até retornar em 2011.

Depois de altos e baixos e tanto tempo de “casa”, ele não se sente pressionado para sua possível entrada nesta quarta-feira e também não vê motivos para sair, caso seja mais aproveitado no clube. No fim de 2013, ele não prometeu sua permanência, e foi procurado por alguns clubes da Europa no início deste ano.

– Estou tranquilo. Estreei pelo São Paulo em 2005 quando ainda era um garoto. Não existe mais essa expectativa. É sempre tratar um jogo como mais um jogo e se dedicar para estar preparado quando houver uma brecha – destacou e completou:

– Tenho um contrato longo com o clube e minha intenção é jogar e ser aproveitado. Se isso acontecer não vejo motivo para sair.

Tenho um contrato longo com o clube e minha intenção é jogar e ser aproveitado. Se isso acontecer não vejo motivo para sair.

Fonte: Lance

Um comentário em “Denilson lamenta falta de sequência e quer aproveitar possível chance

  1. Bom dia, Nação.

    Não é mau jogador, mas é nítido que alguma coisa extra campo o fez perder a posição de titular. Acho que seus parceiros de meio campo prejudicaram seu rendimento. Wellington e Maicon, tanto ele quanto Hudson formaria uma melhor dupla de volante ao lado de Souza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*