Cueva admite necessidade de reforços e nega insatisfação de Bauza

Autor do gol do São Paulo no empate por 1 a 1 com o Corinthians, no último domingo, Christian Cueva foi o escolhido para conceder entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, dia de reapresentação do elenco tricolor. Na sala de imprensa do CCT da Barra Funda, o sorridente peruano reconheceu a necessidade da chegada de reforços, embora tenha dito que esse é um tema a ser discutido pela diretoria do clube.

“Acredito que esse é um assunto mais para a comissão técnica e para a direção. É sempre bom que venham reforços, mas é um tema deles. Eles vão decidir o que é melhor e nós trabalhamos para a equipe continuar bem”, disse o atacante.

Com poucas opções no setor ofensivo após as saídas de Jonathan Calleri, Paulo Henrique Ganso e Alan Kardec, o Tricolor trouxe Gilberto, que entrou no segundo tempo do Majestoso. A carência no ataque foi maximizada nesta terça, quando o clube anunciou que Ytalo será submetido a uma cirurgia no joelho direito e deverá perder o restante da temporada.

No entanto, Cueva não se abala diante das perdas e ainda vê concorrência por um lugar no time titular. “Sem dúvidas, saíram grandes jogadores. Tanto a torcida quanto os dirigentes estão agradecidos por tudo que eles deram. Porém, São Paulo é uma equipe grande e todos que estão aqui têm muitas coisas para dar ao clube”, analisou o jogador de 24 anos.

“Aqui é duro para ganhar posição. É duro porque há grandes jogadores e a verdade é que tem uma competição muito saudável e por mais que esteja reduzido o plantel, temos condições de seguir adiante”, acrescentou.

Cueva ainda negou uma suposta insatisfação de Edgardo Bauza por conta dos poucos reforços apresentados até agora. Na última segunda-feira, o Patón declarou a uma rádio argentina que seria difícil seguir no São Paulo caso o clube não contratasse para suprir as recentes ausências. Segundo o peruano, o treinador continua motivado à frente da equipe.

“A verdade é que não vejo e nem sinto isso. Cada vez que há um treino, um trabalho com o profe, sempre está alegre, sempre transmite grandes coisas. Depois, sobre o assunto dos reforços, sempre são necessários, mas não muda tanto pra ele com a direção. Chegarão num acordo e o Bauza mostrou muita gana de seguir em diante com o time. Ele tem mostrado confiança”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.