Cuca aprova “novo SP” mesmo com apenas 45 minutos de trio dos sonhos

É claro que Cuca não ficou satisfeito com o empate por 1 a 1 do São Paulo com o Palmeiras, no Morumbi. É lógico também que o treinador lamentou muito o fato de ver Pablo sofrer lesão ligamentar no tornozelo direito e desfalcar o time por até um mês – impedindo assim a possibilidade de reeditar o “trio dos sonhos” (com o camisa 9, Pato e Antony). Ainda assim, o comandante fez um balanço positivo do retorno do Tricolor paulista após a pausa no Brasileirão para a disputa da Copa América.

Em linhas gerais, o treinador gostou do futebol apresentado pela equipe no último fim de semana. Até mesmo em relação ao condicionamento físico dos atletas, muito criticado por torcedores, Cuca viu uma evolução quando comparado ao primeiro semestre do time.

Inclusive no segundo tempo, quando o São Paulo caiu de produção, o treinador destacou as boas oportunidades que foram criadas. Aliás, um ponto que ele lastimou foi de a equipe não ter garantido o triunfo quando teve a chance. Por isso, os treinamentos de finalização podem ser realizados nos próximos dias.

A movimentação e o empenho dos jogadores também agradaram. Neste sentido, a ausência de Pablo não deve mudar o posicionamento de Pato nos próximos jogos. Recém-contratado, Raniel é o favorito para ser o escolhido como substituto. Já no clássico, ele entrou na vaga e foi bem avaliado pelo treinador. Assim, Antony e Pato podem atuar pelas pontas, enquanto o ex-Cruzeiro joga centralizado.

Cuca acredita que o período de concentração em Cotia durante a pausa no Brasileirão tenha sido essencial para o São Paulo. O treinador acha que o ambiente ficou ainda mais positivo e os atletas puderam compreender ainda melhor a sua metodologia. Vale destacar que o Tricolor paulista afastou os jogadores que já não estavam nos planos do técnico – Nenê, Bruno Peres e Jucilei – para que tivessem a liberdade de negociar as suas transferências.

O São Paulo volta a treinar hoje (16) à tarde, no CT da Barra Funda. A equipe encara a Chapecoense na próxima segunda-feira (22), no Morumbi, pela 11ª rodada do nacional.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “Cuca aprova “novo SP” mesmo com apenas 45 minutos de trio dos sonhos

  1. Não sei aonde que o Cuca viu 45 min de bom futebol, foi no máximo 15 ou 20 min ai o time recuou e deu no que deu e por sorte apesar da cagada do Volpi ele salvou o time de mais uma derrota humilhante no Morumbi.

  2. Cuca conseguiu ser mais cagão que o felipão que é extremamente conservador, se apequenou achando que 1×0 ja estava de bom tamanho. Era triste ver o time totalmente apático no segundo tempo, Pato andando em campo, meio campo morto sem criação, e o nosso querido técnico achando tudo lindo e não fazia nada pra mudar a situação que era iminente o gol do adversário. Perdemos chances de matar o jogo sim, mas falhamos em não forçar que seria uma vitoria elástica em cima do adversário. o SP parece time de um tempo só, é torcer pra que tudo se resolva no primeiro tempo.

  3. Pablo, tanto tempo sem jogar , entra joga meio tempo e se confunde. Mais, gol espirita do adversário, pura falta de sorte e muita do adversário
    Time jogando bem, faz 1 a zero, podendo enfiar mais, mas recua e para de atacar , tudo contra. Assim está sendo e continuará sendo. É preciso contratar auditoria para buscar causas. Será que tem no mercado tal especialidade? Se não, contratar um curandeiro espírita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.