Com desfalques no setor ofensivo, Ney alega que não há opções no mercado

Com Luis Fabiano e Osvaldo machucados, o técnico Ney Franco só terá à disposição os atacantes Ademilson, Willian José e Rafinha para o jogo deste domingo, diante do Sport, no Morumbi. Com poucas opções para compor o ataque, o treinador evidenciou a dificuldade de se encontrar um atleta que chegue e já vista a camisa titular do Tricolor.

– Eu falo que precisamos de reforço, mas trazer quem? Não adianta trazer só por trazer. Tem de ser alguém que possa brigar para ser titular, mas o mercado não tem essas opções. Temos de ficar atentos principalmente à Série B – declarou o treinador.

Como a janela para contratações internacionais se fechou no último dia 20, o São Paulo só pode recorrer ao mercado interno ou optar por atletas que não tenham contrato com outra equipe, caso de Paulo Assunção, que rescindiu recentemente com o Atlético de Madrid e hoje veste a camisa do São Paulo.

O meia Lucas, que poderia compor o setor ofensivo, está com a Seleção olímpica em busca da inédita medalha de ouro na categoria. Para o duelo contra o clube pernambucano, o novo camisa 11 do Tricolor, o atacante Ademilson, e Willian José devem compor o ataque.
Fonte: Lance

Um comentário em “Com desfalques no setor ofensivo, Ney alega que não há opções no mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*