Com Aloísio titular, Tricolor terá ‘ataque dos 70 gols’ diante do Bolívar

O elenco são-paulino sabe da importância de conseguir uma vitória sobre o Bolívar (BOL) e, se puder, com uma margem de gols grande. Para isso, o técnico Ney Franco prepara uma blitz ofensiva e já armou a equipe com o trio Osvaldo, Luis Fabiano e Aloísio que, juntos, balançaram 70 vezes as redes na última temporada.

No treino coletivo de ontem, o técnico tirou Ganso da equipe titular e promoveu a entrada de Aloísio. Segundo Ney Franco, o atacante tem o melhor perfil para o jogo.

– Vendo a característica do Aloísio, fizemos o treinamento com ele, fiquei satisfeito, pois é um jogador de força. Tem arrancada curta, pode chegar na linha de fundo e é mais um homem-gol – declarou.

O técnico manteve Jadson na articulação porque o camisa 10 obteve melhor rendimento do que Ganso no último jogo, diante do Mirassol. Além disso, o meia está melhor fisicamente do que o camisa 8.

Com Aloísio entre os titulares, Ney Franco acredita que o time tenha mais poder de definição e seja incisiva para vencer o adversário. No último Campeonato Brasileiro, o atacante marcou 14 gols e terminou a competição como o terceiro no ranking da artilharia. Em rápido contato com a reportagem do LANCE!Net, o camisa 19 enalteceu a chance de estrear como titular da equipe tricolor na Libertadores:

– Estou me sentindo bem, estou bastante confiante. Fiquei muito feliz com essa oportunidade que o professor Ney Franco me deu. É um jogo importante, no qual precisamos vencer e conquistar um bom placar. Espero poder retribuir a confiança e ajudar o São Paulo.

Aloísio, nas categorias de base do Grêmio, atuava pelos lados do gramado, mas com o tempo, aprendeu a jogar no meio dos zagueiros.

Além dos tentos no Nacional, Aloísio marcou mais 14 no Catarinense. Osvaldo fechou a temporada com 11 gols e o Fabuloso balançou as redes em 31 oportunidades.

Na última temporada, dos 134 gols do clube, o trio Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano marcou 58 gols – 43% do total. Agora, com Aloísio na direita, o Tricolor espera manter o bom rendimento ofensivo do time.

Cañete terá que esperar por chance entre os titulares

Apesar da boa apresentação de Cañete pelo lado direito do ataque na partida do último sábado, contra o Mirassol, o torcedor são-paulino ainda terá que esperar mais um tempo se quiser ver o argentino na equipe titular do Tricolor.

De acordo com o técnico Ney Franco, o camisa 20 ainda não está pronto fisicamente para iniciar uma partida entre os 11. Desde que chegou ao Morumbi, em julho de 2011, o meia conviveu com diversas lesões musculares e passou por uma operação no joelho direito, que o afastou dos gramados por praticamente um ano.

Depois da atuação na estreia da equipe no Paulistão deste ano, Ney Franco disse que Cañete será opção para a vaga deixada por Lucas, que ainda não tem um titular absoluto desde que o ex-são-paulino foi para o Paris Saint Germain (FRA).

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*