Com 8 desfalques, Muricy relaciona SP que enfrenta o Linense

O técnico Muricy Ramalho não precisará nem pensar muito para poupar alguns de seus principais jogadores na partida contra o Linense, neste domingo, pelo Paulistão. O São Paulo tem oito desfalques para o jogo e terá de levar a campo uma equipe, no máximo, mista.

Estão lesionados o atacante Luis Fabiano – contratura na coxa esquerda – e o goleiro Denis, que passou por uma cirurgia no ombro e só volta a jogar no segundo semestre. Expulsos na partida contra o Palmeiras, o zagueiro Rafael Toloi e o meia Michel Bastos cumprem suspensão, assim como Paulo Henrique Ganso, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Também desfalcam a equipe o volante Souza e o zagueiro Rodrigo Caio. O primeiro está com a seleção brasileira, pela qual participou do jogo contra a França, quinta-feira, e o segundo está com a seleção olímpica, sub-23.

Além destes oito atletas, o São Paulo também continua sem poder contar com os zagueiros Breno e Antonio Carlos, o volante Wesley e o meia Daniel, todos não inscritos nesta primeira fase do Paulistão.

Confira os relacionados:

Goleiros: Rogério Ceni e Renan Ribeiro
Laterais: Carlinhos, Reinaldo, Bruno e Auro
Zagueiros: Paulo Miranda, Edson Silva e Lucão
Volantes: Denilson, Thiago Mendes e Hudson
Meias: Boschilia e Centurión
Atacantes: Alexandre Pato, Alan Kardec, Ewandro e Cafu

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Com 8 desfalques, Muricy relaciona SP que enfrenta o Linense

  1. Deveria botar o Pato pra jogar para adquirir ritmo, já que vem de lesão e jogou poucos minutos contra o parmera. O tricolor precisa de pelo menos um volante “pegador” e está na hora de tentar colocar alguém que, mesmo que não seja um especialista, fique exclusivamente para este fim. Denilson seria minha sugestão, não é nenhum Mineiro mas, treinado, fixo à frente da zaga, pode ser a solução. Souza, pela direita, Michel Bastos, pela esquerda, e Boschilia, formando a ponta do losango, seriam os meias; Pato e Centurion no ataque, formando um 4 1 2 1 2. O Boschilia jogaria como o Alex jogou no Cruzeiro quando foi tríplice campeão sob o comando do Luxemburgo, mais à vontade armando e chegando na área para concluir, o que faz muito melhor do que o Ganso, por exemplo.
    Esta seria minha sugestão para a “mudança” que o Murici diz que deseja fazer e que, sem dúvida, não pode ser adiada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*