Clássico paulista tem disputa de argentinos em busca de afirmação no Brasil

O clássico desta quarta-feira (25) entre Palmeiras e São Paulo tem um detalhe especial em meio a toda rivalidade que envolve as duas equipes. Uma verdadeira legião de argentinos busca seu espaço para conseguirem se firmar como titulares na aventura no futebol brasileiro. Eles têm mais umas chance a partir das 22h, no Allianz Parque.

Do lado alviverde, Fernando Tobio é o que tem mais sucesso nessa missão. O zagueiro conseguiu a titularidade desde o ano passado e, depois de ser poupado na vitória por 1 a 0 contra o São Bernardo, está de volta à equipe de Oswaldo de Oliveira.

Indicado pelo ex-técnico Ricardo Gareca, assim como os outros estrangeiros, ele já tem 31 partidas com a camisa alviverde e um gol marcado. De acordo com o Footstats, ele é o 7º maior desarmador da equipe no Estadual e o vice-líder no quesito rebatidas.

Tobio, aliás, deixou a rivalidade de lado assim que o argentino tricolor chegou ao Brasil. O zagueiro palmeirense visitou o atacante são-paulino Centurión assim que ele chegou ao país. Com amizade após disputas no Campeonato Argentino, os dois se ajudam na difícil missão que é se adaptar a um país novo.

Centurión tem conseguido, pouco a pouco, ser considerado pelos são-paulinos como uma boa opção de ataque. Com o provável retorno de Alexandre Pato, ele deve iniciar no banco. Com um gol em sete jogos, ele já se destaca como maior driblador do time no Estadual, com quase 64% de acerto neste quesito.

Outro que teve início de destaque nos dribles foi o palmeirense Augustín Allione. Rápido, ele se destacou pela velocidade que dava ao time pelos lados de campo e começou a temporada muito elogiado por Oswaldo de Oliveira. Em queda de produção e com problemas físicos, ele pode nem ser relacionado para o clássico.

Situação inversa de Cristaldo, que começou o ano por baixo, chegou a dizer que preferia sair se não fosse titular, mas permaneceu no time e conquistou seu espaço. Com três gols no Paulista, ele é o artilheiro da equipe na competição e o segundo jogador que mais finaliza.

Além deles, o Palmeiras ainda conta com o argentino Pablo Mouche. Lesionado, ele só volta aos gramados no segundo semestre.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*