Chateado com substituição, Pato diz que não discute ordem de Muricy

Para quem voltava de lesão no tornozelo e tinha boas recordações do adversário, o Choque-Rei da última quarta-feira causou enorme decepção a Alexandre Pato, que só permaneceu em campo por 21 minutos. Ele foi substituído por Edson Silva, que entrou para recompor o sistema defensivo após a expulsão de Rafael Toloi. Foi do camisa 11 o único chute perigoso do Tricolor, aos quatro minutos, defendido por Fernando Prass. O Palmeiras venceu por 3 a 0.

Na zona mista, o jogador deixou clara sua insatisfação, mas diz que é preciso respeitar as decisões de Muricy Ramalho.

– Essa substituição é do treinador, eu tenho de respeitar. Fico chateado, afinal não queria sair do jogo, mas tenho de respeitar. É ele quem manda – afirmou o camisa 11.

Muricy foi questionado sobre o assunto durante a entrevista coletiva e disse entender a tristeza do jogador por sair.

– Nenhum jogador gosta de sair. Mas naquele momento precisávamos fazer uma substituição – explicou o treinador.

Pato diz entender a reação do torcedor, que criticou muito o desempenho do time, mas pede um voto de confiança porque, segundo ele, a equipe dará a resposta esperada no momento certo.

– Eu sei que agora é difícil, o torcedor quer ver o time ganhar. Mas peço que ele siga apoiando. Na quarta, temos um jogo decisivo na Argentina. Hoje foi um clássico, sim. Mas o que vale no Paulista é lá na frente e, quando valer, o time será mais competitivo – ressaltou.

O São Paulo volta a campo pelo Campeonato Paulista no domingo, às 16h, contra o Linense, no Morumbi. Pela Libertadores, joga na quarta-feira, às 22h, contra o San Lorenzo, na Argentina.

 

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Chateado com substituição, Pato diz que não discute ordem de Muricy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*