Centroavante clássico, Kardec tenta manter sina goleadora contra rivais

As passadas largas e vagarosas, o discurso polido – muitas vezes político – e a cabeça erguida para encarar os goleiros dão a Alan Kardec um ar de centroavante clássico. E é justamente nos clássicos, como o deste domingo, às 16h, contra o Santos, que o camisa 14 do São Paulo tem brilhado na temporada.

De janeiro a agosto, Kardec disputou quatro clássicos. E não deixou ileso nenhum dos rivais, nem mesmo o próprio São Paulo. Ainda pelo Palmeiras, furou as defesas do Tricolor, do Corinthians e do Santos. Há uma semana, impiedoso, também fez do Verdão uma vítima.

– Clássico ele envolve milhares de emoções. Quando você consegue vencer, fazer gols, fica marcado. Clássico envolve muita coisa. São jogos diferentes, que exigem muita atenção – analisou o centroavante são-paulino ao LANCE!Net.

O retrospecto de Alan Kardec em clássicos só não chega mais perto da perfeição por culpa do Santos. O Peixe foi vazado pelo artilheiro, mas impôs a única derrota de Kardec contra um rival regional na temporada: 2 a 1 no Campeonato Paulista.

– São duas lembranças distintas. Nós (ainda no Palmeiras)  perdemos a partida e fiquei muito chateado, mas eu pude fazer o gol, o que me deu um certo consolo. Infelizmente nós saímos derrotados – lamentou.

Kardec parece ter vocação para clássicos. Há uma semana encarou o Palmeiras pela primeira vez, assumiu o protagonismo e deu a vitória ao São Paulo. O Santos, adversário da 17 rodada do Campeonato Brasileiro também já contou com seus serviços. Sem mágoas, o reencontro com mais um ex-clube enche o artilheiro clássico de orgulho.

– São bons sentimentos, bons momentos. Tenho amigos que trabalham lá ate hoje. Não tem nada melhor que chegar em um lugar e as pessoas te abraçarem. Nada mais é do que o bom trabalho que você fez, que você deixou. E não só como atleta, tem que deixar como ser humano também – ressaltou Kardec, em busca de mais um gol.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*