Ceni exalta vitória do Tricolor: “Era como a última vida do videogame”

O São Paulo sofreu, mas conseguiu vencer o Huachipato, do Chile, por 1 a 0, na noite desta terça-feira, no Morumbi, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Sobretudo após a expulsão de Luis Fabiano, o Tricolor teve muitas dificuldades para ganhar.

O goleiro Rogério Ceni analisou a partida ainda no gramado e fez uma comparação com o videogame para citar a importância do resultado.

– Foi muita superação, jogar 55 minutos com um a menos é difícil, ainda mais com o time deles envolvendo a gente. Depois nos defendemos, jogamos no contra-ataque. Eu digo que era como a última vida do videogame, se perder, acabou. E para nós é muito importante chegar na final da Sul-Americana, já que derrapamos no Brasileiro – disse.

Ceni também exaltou a dedicação do São Paulo para conseguir a vitória no Morumbi.

– O time se doou muito, se entregou o tempo todo. Contra o Cruzeiro jogamos no nosso limite. E o São Paulo jogando assim consegue vencer qualquer time. O jogador cansa, é difícil manter o rendimento de quarta e domingo. Hoje todos foram bem. Fisicamente nos superamos – analisou.

O capitão do Tricolor ainda elogiou o técnico interino Milton Cruz, que mais uma vez substituiu Muricy Ramalho, ainda afastado por conta da arritmia cardíaca sofrida na semana passada.

– Milton foi bem, substituiu bem, tirou o Pato e colocou uma referência com o Kardec, que ajudou muito. Teve azar com as lesões, ainda o Lucão que entrou teve que sair, ele teve de improvisar… Mas a dedicação do time levou à vitória. Sem tomar gols em casa, pode ser o jogo que definiu a classificação – completou.

O jogo de volta será no dia 15 de outubro, no Chile. O Tricolor se classifica até se perder por um gol de diferença, desde que marque ao menos uma vez.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*