Ceni enaltecer o Tricolor e minimiza polêmica entre Ganso e Muricy

O desempenho do São Paulo está longe do ideal. Em três partidas no Campeonato Brasileiro, a equipe venceu uma vez e empatou em duas oportunidades. Neste sábado, esteve atrás do marcador, mas teve forças para buscar o empate por 2 a 2 diante do Coritiba. E, apesar do resultado ter frustrado os mais de 31 mil torcedores que compareceram ao Pacaembu, o goleiro e capitão Rogério Ceni diz que é preciso ressaltar os pontos positivos dessa partida.

– O time foi aguerrido, lutou até o fim, é preciso lembrar isso. Além do mais, taticamente houve uma evolução. Souza e Maicon foram muito bem, conduziram o time à frente.  Mesmo deixando espaços para os contra-ataques do Coritiba, o que é normal, o time criou e chutou muito. É preciso enaltecer isso porque estamos lutando muito para melhorar – ressaltou o camisa 1.

Experiente, o defensor colocou panos quentes na troca de farpas entre o meia Paulo HenriqueGanso e o técnico Muricy RamalhoO camisa 10 não gostou de ter sido barrado e o treinador avisou que é quem manda e que o jogador, quando voltar, terá de mostrar serviço para continuar.

– O Ganso é um baita jogador. Quando você examina a declaração, é preciso ver o olhar, a expressão. Palavras frias não condizem com o que você quer expressar. Eu sei quanto é difícil ficar fora. Hoje, com a chegada do Kardec, tem seis caras para rodar lá na frente e três ou quatro vagas. Ele entrou bem e fez a parte dele. Agora o Muricy terá de se ajeitar, ver quem vai jogar e quem vai esperar. É muito bom que tenha competição no elenco – afirmou.

Rogério Ceni e o São Paulo voltarão a campo na próxima quarta-feira, novamente no estádio do Pacaembu, desta vez para enfrentar o CRB, pela Copa do Brasil. Por ter perdido o jogo de ida por 2 a 1, a equipe paulista precisa vencer para seguir adiante na competição.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*