Ceni e Luis Fabiano elogiam time, mas admitem queda após intervalo

O São Paulo exibiu uma atuação consistente no primeiro tempo e logo fez dois gols contra o desesperado Figueirense, na tarde deste domingo. O início do confronto fez a torcidapresente no Morumbi acreditar em uma goleada, mas o time diminuiu o ritmo na segunda etapa e se contentou com o triunfo por 2 a 0, peloCampeonato  Brasileiro. A queda de rendimento gerou um puxão de orelhas dos dois principaisatletas do Tricolor: Rogério Ceni e Luis Fabiano.

“Entramos muito bem no primeiro tempo. Mas, no segundo, não sei por que, só administramos. Mesmo assim, foi uma boa vitória e estamos todos de parabéns. Entramos no G-4 e o importante agora é nos manter”, afirmou o atacante.

O capitão seguiu a linha de raciocínio do colega de clube ao reclamar da diminuição do ritmo, mas valorizou o bom desempenho antes do intervalo. “Fizemos a vantagem no primeiro tempo e tínhamos que ter mais posse no segundo. Mas nós só conservamos. Poderíamos ter jogadomelhor, mas os 45 minutos iniciais foram bons”.

Já o técnico Ney Franco minimizou a queda de rendimento na etapa complementar. Apesar de a postura ter sido parecida à adotada no clássico contra o Palmeiras, quando o Tricolor atuou melhor antes do intervalo e diminuiu o ímpeto depois, o treinador considera normal a equipe administrar o placar.

“Tanto no jogo contra o Palmeiras quanto no de hoje (domingo), poderíamos sim ter saído com um placar maior, mas as coisas aconteceram naturalmente. Tínhamos o domínio e foi preferível rodar a bola. O mais importante é a consistência que esse grupo tem de ganhar convencendo e tendo o controle do jogo”, completou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*