Calleri nega racha entre brasileiros e argentinos no elenco do São Paulo

Mesmo há oito jogos sem marcar gols, Calleri tem a preferência do técnico Edgardo Bauza e vem jogando como titular no São Paulo, o que tem deixado os outros atacantes descontentes no clube. Mesmo assim, o atacante deixa claro: não é protegido pelo treinador e também não existe divisão entre brasileiros e argentinos no elenco.

Calleri São Paulo (Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net)Calleri treina nesta terça-feira no CT da Barra Funda (Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net)

– Não entendo essas perguntas sobre ambiente. Me dou bem com chilenos, uruguaios, brasileiros. Converso com todos, com Lugano, com Mena, com Ganso. Nunca vi ninguém reclamar sobre isso. Se o técnico me escolhe, é porque tenho qualidade. Não existe problema aqui, todos trabalham pelo melhor do São Paulo – afirmou o atacante, que concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira.

Calleri sabe que a fase do São Paulo não é das melhores e endossou o discurso do diretor executivo do clube, Gustavo Vieira de Oliveira, que declarou que não está satisfeito com o comprometimento mostrado pelos atletas até agora.

– Sabemos que o River tem grandes jogadores, um grande técnico, mas esperamos ir até a Argentina dar o nosso melhor. Entre nós, sabemos que cada um pode dar um pouco mais. Esse jogo será muito importante para nós. É preciso saber que não é impossível chegar lá e vencer a partida – ressaltou o camisa 12.

O atacante falou também sobre o jejum de gols. Depois de marcar três vezes nos primeiros dois jogos, a fase virou e o atacante perdeu até pênalti na última partida, contra o São Bernardo, pelo Campeonato Paulista.

– Sabia que a adaptação seria difícil, que as duas partidas não eram a análise direta. O jogo argentino é muito diferente, mais lento, e tenho que me adaptar. Tenho que melhorar, por isso faço um mea-culpa para mim e para o resto do grupo, há coisas que tenho de melhorar, há coisas que a equipe tem de melhorar – analisou.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Calleri nega racha entre brasileiros e argentinos no elenco do São Paulo

  1. Nesse ponto sou favorável a manutenção do argentino no comando de ataque, ele está enfrentando uma má fase mas é um centroavante nato.

  2. apenas joguei o que sabem com dedicação e honra que eu garanto que os resultados vão aparecer ,caso não venha com bauza vai vir com cuca que segundo fontes está esperando o soberano para treinar

    estou de olho quinta feira se falta técnico ou vergonha na cara dos jogadores

    pra sempre soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*