Calleri já pede camisa do adeus, e Bauza admite desfalque no clássico

A eliminação do São Paulo na Taça Libertadores, com a derrota por 2 a 1 para o Atlético Nacional, nesta quarta-feira, em Medellín, na Colômbia, provavelmente marcou o fim da passagem de Calleri pelo Tricolor. Seu contrato era válido até o fim de junho, mas foi renovado exclusivamente para a participação do time na competição continental.

Após o jogo em Medellín, o autor do gol do Tricolor  pediu no vestiário a camisa da despedida para o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O dirigente reconheceu a saída iminente.

Atletico Nacional x São Paulo Libertadores (Foto: AP)Calleri comemora gol contra o Atlético Nacional
(Foto: AP)

É bem possível (que seja o último jogo), infelizmente. É muito triste, até porque ele, humildemente, me abraçou no vestiário e me pediu se poderia levar a camisa dele. É claro que eu dei. Fiquei muito sensibilizado com isso – disse Leco.

Calleri foi convocado pela seleção olímpica da Argentina, que já iniciou os treinamentos para a Olimpíada do Rio de Janeiro. Por isso, o técnico Edgardo Bauza admitiu o desfalque no clássico com o Corinthians, domingo, na Arena.

– Ele está convocado para a seleção olímpica e creio que será muito difícil que jogue. O Rodrigo Caio tampouco – afirmou o comandante.

A seleção brasileira se apresenta na próxima segunda-feira, mas pelas palavras de Bauza é possível que Rodrigo Caio também seja liberado antecipadamente.

Artilheiro isolado da Libertadores, com nove bolas na rede, Calleri fez 16 gols em 31 jogos pelo São Paulo. O jogador foi emprestado pelo Deportivo Maldonado, do Uruguai, e o grupo de investidores que o colocou no Tricolor pretende negociá-lo com um clube europeu.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Calleri já pede camisa do adeus, e Bauza admite desfalque no clássico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.