Calleri diz acreditar em chance na seleção se tivesse ficado no São Paulo

O atacante Jonathan Calleri foi um dos principais jogadores do São Paulo na Libertadores. Depois da temporada de destaque, ele trocou o clube do Morumbi pelo West Ham. Hoje, o artilheiro está feliz na Inglaterra, mas admite que se tivesse ficado no time poderia estar na seleção.

“Se pensarmos e sermos profundos na análise, creio que se tivesse tido continuidade no São Paulo, assim como no primeiro semestre, hoje o treinador da Seleção poderia ter me dado uma chance, como por exemplo deu ao Lucas Pratto, que foi bem no Atlético-MG, e hoje é uma opção para a seleção argentina. Porém, não me arrependo de nada. Sabia que seriam só seis meses e que não dependia de mim”, falou em entrevista ao Esporte Interativo.

“Tenho que acatar ordens de um grupo que me comprou e que queriam me trazer para a Europa, pois investiram muito dinheiro. Muitas coisas ficaram incompletas no São Paulo e espero algum dia poder terminá-las da melhor maneira. Tenho grandes recordações e a partir do momento que parti me tornei mais um torcedor”, completou.

Calleri também admitiu que conversou com Marco Aurélio Cunha durante os Jogos Olímpicos e revelou que os dois chegaram a trocar número de telefone. Mas disse que atualmente eles mantém “diálogos de amigos” nada de contratação.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*