Bauza mostra preocupação com físico de atletas em maratona de decisões

A condição física do elenco são-paulino não tem suportado a maratona de jogos que o clube tem pela frente. Para o técnico Edgardo Bauza, o condicionamento dos jogadores será um dos principais obstáculos a serem superados na sequência de três partidas decisivas que o Tricolor terá de enfrentar.

A equipe pega o River Plate nessa quarta-feira, pela Copa Libertadores, em duelo crucial para manter viva a chance de se classificar às oitavas de final. No domingo, o Tricolor terá de medir forças com o Grêmio Osasco Audax, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Após a partida, o time viaja para a altitude de La Paz, onde encerra a fase de grupos da Libertadores contra os bolivianos do Strongest.

Caso o físico dos atletas não suporte a sequência de jogos, Bauza cogita a escalação de um time misto no duelo com o Audax. “Contra o Audax será uma partida complicada, assim como todas as outras foram. Temos que ver como chegaremos. Temos um jogo muito importante com o River. Depois, tentaremos ganhar em La Paz. A partir de agora, cada partida que teremos será decisiva. E vamos atuar dessa forma. Hoje eu dei descanso a vários atletas para que fiquem bem contra o River. Veremos como será esse jogo”, declarou o Patón.

Segundo o treinador, o rodízio entre os titulares tem sido necessário para o São Paulo apresentar um desempenho satisfatório em campo. Bauza, contudo, admite que os jogadores deixaram a desejar na primeira fase do Paulista. O Tricolor perdeu por 1 a 0 para o São Bento, nesse domingo, em Sorocaba, e terminou na vice-liderança do Grupo C, com 22 pontos. O time foi apenas o nono colocado na tabela geral do campeonato.

“Sim, pensei que estaríamos mais acima. Mas conseguimos o primeiro objetivo, que era a classificação às quartas de final”, declarou o argentino, que marcou a reapresentação do elenco para a manhã dessa segunda-feira. Como o time que duelou contra o São Bento era composto em sua maioria por reservas, o Patón deverá aproveitar essas atividades para fazer o primeiro esboço da equipe que pegará o River Plate no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Bauza mostra preocupação com físico de atletas em maratona de decisões

  1. Por causa da Pré-Libertadores, o São Paulo é o time que mais jogou esse ano. Calendário lixo. Esse Paulistinha é uma coisa inútil, só atrapalha.

  2. Eu acho que quem deveria estar preocupado é a diretoria do São Paulo, por ter incompetentes na preparação fisica dos jogadores.
    Não é possivel que em três meses os caras não entraram em forma, ou sera que ja viraram o fio!
    Diretoria limpeza geral no clube, a começar por vocês.

  3. Tem que pagar só metade do salário desses jogadores, só jogam a metade dos jogos. Esses jogadores folgados de hj não aguentariam nem andar no início da década de 90, haviam muito mais jogos, se jogava 3, as vezes até 4 vezes por semana, me lembro que o Juninho chegou a jogar 2 jogos em menos de 24h.

    Não é a toa que os verdadeiros craques hoje são raridade, o dinheiro deixou esses jogadores acomodados e folgados, antigamente podíamos formar fácil 2 seleções brasileiras com nível para ganhar copa do mundo, hoje nem meia seleção conseguimos montar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*