Bastidores da venda de Douglas: físico, versatilidade e dinheiro à vista

No último dia de negociação com o Barcelona, o São Paulo conseguiu manter o valor que receberia pelo lateral-direito Douglas: 3,6 milhões de euros, cerca de R$ 10,8 milhões. O clube espanhol pechinchou e reduziu o montante total de 6 para 5,5 milhões de euros. Nessa alteração, a Traffic, detentora de 40% dos direitos econômicos e também agente do jogador, abriu mão de parte do dinheiro para que a transferência fosse concluída.

Portanto, nesta sexta-feira, o Tricolor deverá receber sua parte à vista, logo depois que Douglas realizar exames médicos, já na Espanha, e assinar contrato. A Traffic receberá 400 mil euros imediatamente e o restante, equivalente a 1,5 milhão de euros, em três parcelas, a cada 30 jogos que o lateral-direito fizer pela nova equipe.

No Brasil, o interesse de um dos clubes mais poderosos do mundo num jogador que por muito tempo foi alvo de chacota da torcida são-paulina causou estranheza. O Barcelona definiu em janeiro que contrataria um lateral-direito na janela de transferências do meio do ano. Um dos motivos foi a queda técnica e a idade de Daniel Alves (31 anos).

A partir dessa decisão, abriu o leque de observação. O nome de Douglas já fazia parte da lista de monitoramento do Barça. É o que acontece com todo jogador que defende as seleções brasileiras de base. Em 2009, ele disputou o Sul-Americano da categoria sub-20.

Alguns pontos chamaram atenção dos catalães: o vigor físico, a versatilidade e a assiduidade de Douglas em campo. No relatório preparado pelo Barcelona, consta um alto número de partidas como titular nos últimos dois anos no São Paulo.

Principalmente com Ney Franco e Muricy Ramalho (com quem chegou a discutir durante um jogo), o lateral-direito chegou a ser improvisado numa linha mais ofensiva, pelo lado direito. Foi até apontado como substituto de Lucas quando este foi vendido para o PSG, mas não obteve sequência imediata. Em alguns jogos, atuou na lateral esquerda.

O Barcelona avaliou que Douglas “ainda tem muito potencial dentro de si, algo que não conseguiram extrair do jogador”. A diretoria e a comissão técnica apostam que o dia-a-dia de treinos será capaz de aprimorar o futebol do brasileiro. Ainda segundo membros do clube espanhol, não existe mais a possibilidade de emprestar o lateral a um time de menor porte.

Inicialmente, o São Paulo queria que ele ficasse no Morumbi pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro. Os europeus viram a ideia com simpatia, mas isso configuraria uma transferência por empréstimo, do Barça para o Tricolor, e a janela para negócios internacionais de entrada no futebol brasileiro se fechou no último dia 15 de agosto.

Dessa forma, a diretoria do Barcelona já definiu que, a partir da próxima semana, Douglas vai treinar diariamente ao lado de Neymar, Messi, Luis Suárez, Iniesta, Xavi, entre outras estrelas do elenco milionário. Seu contrato será de cinco temporadas.

Muricy Ramalho e Douglas discussão São Paulo (Foto: Rodrigo Villalba / FuturaPress)Douglas sofreu com cobranças de Muricy e chegou a bater boca com o treinador (Foto: Rodrigo Villalba / FuturaPress)

– Estou muito feliz, não tenho palavras – comentou o brasileiro, em entrevista ao jornal catalão “Mundo Deportivo”.

O lateral se disse preparado para o desafio e citou a experiência no São Paulo, onde, segundo ele, a pressão por títulos é igual a do Barcelona.

– Trabalhei no São Paulo, um dos maiores clubes do Brasil, que está sempre em busca de títulos. No Barcelona não é diferente. O Barcelona é um clube mundialmente conhecido, que sempre estará na briga pelos títulos. Estou preparado. Tenho uma boa cabeça, sabendo das dificuldades, mas espero ajudar da melhor maneira possível para ganhar títulos.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Bastidores da venda de Douglas: físico, versatilidade e dinheiro à vista

  1. Essa grana caiu do ceu. Pe’ssimo jogador na’o marca, na’o apoia, na’o faz
    merda nenhuma, finge que faz e fim de papo. Va con Dios i se quede por ala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*