Até pênalti? Sem pontaria, São Paulo desperdiça terceira cobrança no ano

Michel Bastos no duelo com o The Strongest. Calleri diante do São Bernardo. Ganso na partida contra o Trujillanos. Perder pênaltis virou rotina no São Paulo (de quatro, só um foi gol). Algo que dá ainda mais argumentos ao técnico Edgardo Bauza, incomodado com a dificuldade do Tricolor em balançar as redes adversárias nesta temporada. São 15 gols em 14 jogos

Ganso; Trujillanos x São Paulo; Libertadores (Foto: AP)Ganso perdeu pênalti contra o Trujillanos (Foto: AP)

Na última quarta-feira, na Venezuela, o empate por 1 a 1 com o Trujillanos poderia ter sido uma vitória, não fosse o pênalti perdido por Ganso.

Embora o tema não seja novo, a falta de pontaria do ataque tomou conta da entrevista do técnico argentino após a partida. Foram feitas sete perguntas. E mesmo quando o assunto não era o ataque, ele dava um jeito de falar sobre isso.

– Preocupa muito o fato de o time não conseguir converter gols. O time chega, cria bastante, mas não faz. Defensivamente, não vejo muitos problemas, independentemente de quem jogue. Mas na frente é algo que precisamos consertar. O problema é que não há tempo para treinar. Vamos voltar de viagem na quinta e teremos apenas o treino de sábado para jogar no domingo (contra o Ituano). Isso atrapalha muito – afirmou o comandante da equipe do Morumbi.

Alan Kardec, que ganhou uma oportunidade na equipe titular na partida deste meio de semana, era o retrato do desânimo após a partida.

– Bola na rede muda tudo no futebol. O Bauza tem razão,  mas não está faltando luta. Não foi o resultado que queríamos. Temos de levantar a cabeça, não há muito a dizer, temos de mudar a postura, querer mais. Difícil dar explicações em um momento como esse – ressaltou o camisa 14, que ainda não fez gols na temporada 2016.

Contra o Ituano, no próximo domingo, pelo Paulistão, a tendência é que Calleri ganhe uma oportunidade na equipe titular, pois, suspenso, não atuou diante do Trujillanos.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Até pênalti? Sem pontaria, São Paulo desperdiça terceira cobrança no ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*