Ataque sem gols preocupa o São Paulo na abertura do mata-mata

O São Paulo trabalha para balancear a sua equipe. Enquanto a defesa tem mostrada solidez nas últimas partidas, o ataque não correspondeu da maneira desejada. Exatamente por isso, o sistema ofensivo é uma das principais preocupações do técnico Cuca para a partida de hoje, a partir das 21h30, no Morumbi, contra o Bahia, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Por atuar hoje em sua casa e definir a vaga na próxima semana longe de sua torcida, o time paulistano sabe o quão importante é garantir um bom resultado na abertura do mata-mata. Tal situação faz o treinador trabalhar a finalização durante as atividades e mudar a formação do setor. Alexandre Pato e Toró, por exemplo, já foram testados mais abertos e centralizados.

Para complicar ainda mais a vida de Cuca, Pablo, que se recupera de cirurgia para retirada de um cisto artrossinovial na região lombar da coluna, só deve voltar a ter condições de atuar após a Copa América. Com esse cenário, o departamento de futebol trabalha para reforçar o setor. Ontem, encaminhou a contratação de Marquinhos Calazans e ainda estuda a chegada de um centroavante.

Os números não são favoráveis ao ataque. Nas últimas dez partidas, o São Paulo balançou a rede oito vezes (média de 0,8 gol por confronto). Por outro lado, o sistema defensivo mostra solidez, mesmo com desfalques – como a ausência de Arboleda por causa de estiramento na coxa esquerda e a entrada de Walce. Nos mesmos dez duelos, o time levou só quatro gols (média de 0,4 por duelo).

Desfalques

Por causa de desgaste e lesão, o São Paulo não deve contar na partida de hoje com Antony e Hernanes. O Profeta sentiu um incômodo na coxa direita, já o jovem atacante se recupera do cansaço e de uma pancada na costela sofrida no jogo de domingo. Liziero, por sua vez, está fora de combate nos próximos dois meses por causa de entorse no tornozelo direito. Arboleda, em recuperação de estiramento na coxa esquerda, também está fora.

Ficha técnica

Copa do Brasil – oitavas de final

Data: 22 de maio de 2019

Horário: 21h30 (Brasília)

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Árbitro de vídeo: Rodrigo de Miranda (RJ)

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinicius (Hudson), Walce, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Nenê (Igor Gomes); Everton (Helinho), Pato e Toró. Técnico: Cuca

Bahia: Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Douglas Augusto; Artur, Élber; Fernandão. Técnico: Roger Machado

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Ataque sem gols preocupa o São Paulo na abertura do mata-mata

  1. TEmos 2 Pato e Toro, mas o Pato depois da entrada criminosa e proposital nas suas costas ele perdeu a confiança pode ver, e isso demora pq é recente, e Toro é muito novo, e alterna bom e ruim, entao nao temos referencia na area, e a diretoria inteligente que temos vai contratar e tras mais um meia atacante e ainda com historico de bichado, estamos na mer…….mesmo, e nos sao paulinos que tinhamos esperanca em Rai e cia, fomos enganados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.