Após vaga na semifinal, Rodrigo Caio agradece Bauza: “Sempre acreditou”

Aos 22 anos, Rodrigo Caio vive um momento especial na carreira: antes de se apresentar na seleção brasileira para a disputa da Copa América, ajudou o São Paulo na conquista da vaga na semifinal da Libertadores da América, garantida nesta quarta-feira, apesar da derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, em Belo Horizonte. No desembarque da delegação na capital paulista, o jogador demonstrou confiança na conquista do título e destacou o papel do técnico Edgardo Bauza, a quem fez um agradecimento especial.

– Sempre acreditamos bastante. Sabíamos que seria difícil, começamos a Libertadores muito mal, mas sabíamos que dependíamos somente da gente para mudar essa situação e conseguimos. Tem que valorizar bastante o grupo, a dedicação de todos, valorizar bastante nosso treinador porque sempre acreditou na gente e agradecer a torcida por nos apoiar e estar sempre conosco – disse, na chegada.

Rodrigo Caio, zagueiro do São Paulo; desembarque (Foto: Reprodução SporTV)Rodrigo Caio, zagueiro do São Paulo; desembarque (Foto: Reprodução SporTV)

Perto de se apresentar à Seleção, que inicia os treinos na segunda-feira, em Los Angeles, o zagueiro disse que ficará na torcida pelos companheiros no Campeonato Brasileiro, e que voltará com ainda mais bagagem para ajudar o São Paulo na retomada da Libertadores – as semifinais serão dias 6 e 13 de julho, após a Copa América.

– É um orgulho defender a camisa da Seleção. Fico muito feliz, é procurar aproveitar esse momento e aproveitar para aprender bastante. Pode ter a certeza que vou estar na torcida pelos meus companheiros e vou voltar para jogar a parte final da Libertadores, e espero que a gente possa conseguir esse título – disse.

Ao comentar a partida, o zagueiro admitiu que o Tricolor poderia ter evitado pelo menos um dos gols do Galo. No entanto, ele preferiu valorizar o resultado ao comentar o assunto e as falhas defensivas, especialmente na bola aéra – oito dos 10 gols sofridos pelo Tricolor na Libertadores foram de cabeça.

– Claro que a gente tem que melhorar. Nós sabemos sabe que são gols evitáveis e a estamos trabalhando para melhorar… acredito que o segundo gol, principalmente, foi falta de comunicação entre eu e o Mena. Mas o importante foi que, mesmo assim, não nos abatemos, Lutanos desde o começo e conseguimos a classificação – destacou.

Dênis; goleiro; São Paulo; frame (Foto: Reprodução SporTV)Dênis diz que se fortalece com as críticas (Foto: Reprodução SporTV)

O goleiro Dênis, que assumiu o posto do ídolo Rogério Ceni e desde então vem convivendo com as críticas, também minimizou as falhas. No desembarque, o jogador explicou como lida com as críticas e destacou o empenho do São Paulo para garantir o resultado depois de conseguir o gol da classificação, aos 14 minutos do primeiro tempo, depois de sair perdendo por 2 a 0.

– As críticas vêm para nos fortalecer. Estou treinando para que os erros diminuam o máximo possível e graças a Deus, no segundo tempo, pude fazer um bom jogo e ajudar nossa equipe a segurar a equipe do Galo lá no Independência, que é uma pressão muito grande – afirmou.

ADVERSÁRIO DA SEMIFINAL

O adversário da semifinal pode ser definido nesta quinta. Se o Atlético Nacional (Colômbia) eliminar o Rosário Central (Argentina), o time colombiano encara o Tricolor. Se der Rosário, e o Nacional (Uruguai) eliminar o Boca Juniors (Argentina), também nesta quinta, então o Tricolor enfrentará o Rosário. E se os dois argentinos (Rosário e Boca) passarem, o time brasileiro terá de esperar o duelo entre Pumas (México) e Independiente Del Valle (Equador), que se enfrentam  na próxima terça-feira.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Após vaga na semifinal, Rodrigo Caio agradece Bauza: “Sempre acreditou”

  1. No segundo tempo o Galo não chutou a gol; uma bola de cabeça que foi na direção do peito do Denis o fez assustar tanto que ele deu um pulo pra dentro do gol, rebateu a bola, que era fraca, pra dentro da pequena área, mas teve a sorte de nenhum atleticano ter acompanhado a jogada, caso contrário, teríamos morrido ali, pela afobação dele. Sinto muito mas não dá para o Denis continuar no gol do SP…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.