Com 10 semis de Liberta, São Paulo é brasileiro que mais chegou

Classificado para a semifinal da Copa Libertadores, o São Paulo é o clube brasileiro que mais vezes chegou à fase da maior competição sul-americana. De 1972, quando foi eliminado nesta etapa, até 2016, são dez participações do tricampeão da América em semis do torneio. A equipe avançou nos três títulos (1992, 93 e 2005) e nos três vices (1974, 1994 e 2006), enquanto que foi eliminada, além de 72 (caiu num grupo contra Independiente-ARG e Barcelona-ECU), nas edições de 2004 (contra Once Caldas-COL) e 2010 (contra o Inter). O Tricolor participa neste ano de sua 18ª edição da Copa – é o clube brasileiro mais presente (Palmeiras e Grêmio jogaram 16 vezes).

O Santos, outro clube tricampeão, vem na sequência, com oito participações em semifinais da Copa Libertadores (foi vice uma vez). O Grêmio, com dois títulos, chegou sete vezes nesta etapa da competição. O Palmeiras, campeão em 1999, vem em seguida na lista, com seis participações em semis. Cruzeiro e Internacional, dois bicampeões, chegaram cinco vezes cada em tal fase.

Ao todo, 15 clubes brasileiros já estiveram ao menos uma vez na semifinal da Libertadores. Além dos citados, são eles: os campeões Flamengo (três) e Corinthians (duas), os campeões Vasco e Atlético-MG (uma vez cada), os vices Atlético-PR, Fluminense e São Caetano (uma vez cada), além de Botafogo e Guarani, que acabaram eliminados e não disputaram a final. Dos “12 grandes” do futebol brasileiro, apenas Flu e Bota não conquistaram a competição.

Até 1987, a fórmula de disputa era diferente da atual. As semis eram disputadas em dois grupos de três. O campeão de cada chave fazia a final.

Veja os brasileiros em semifinais na história da Libertadores:

1961: Palmeiras (vice)
1962: Santos (campeão)
1963: Santos (campeão) e Botafogo (caiu na semi)
1964: Santos (caiu na semi)
1965: Santos (caiu na semi)
1967: Cruzeiro (caiu na semi)
1968: Palmeiras (vice)
1971: Palmeiras (caiu na semi)
1972: São Paulo (caiu na semi)
1974: São Paulo (vice)
1976: Cruzeiro (campeão)
1977: Cruzeiro (vice) e Inter (caiu na semi)
1979: Guarani (caiu na semi)
1980: Inter (vice)
1981: Flamengo (campeão)
1982: Flamengo (caiu na semi)
1983: Grêmio (campeão)
1984: Grêmio (vice) e Flamengo (caiu na semi)
1989: Inter (caiu na semi)
1992: São Paulo (campeão)
1993: São Paulo (campeão)
1994: Sâo Paulo (vice)
1995: Grêmio (campeão)
1996: Grêmio (caiu)
1997: Cruzeiro (campeão)
1998: Vasco (campeão)
1999: Palmeiras (campeão)
2000: Palmeiras (vice) e Corinthians (caiu na semi)
2001: Palmeiras (caiu na semi)
2002: São Caetano (vice) e Grêmio (caiu na semi)
2003: Santos (vice)
2004: São Paulo (caiu na semi)
2005: São Paulo (campeão) e Atlético-PR (vice)
2006: Inter (campeão) e São Paulo (vice)
2007: Grêmio (vice) e Santos (caiu na semi)
2008: Fluminense (vice)
2009: Cruzeiro (vice) e Grêmio (caiu na semi)
2010: Inter (campeão) e São Paulo (caiu na semi)
2011: Santos (campeão)
2012: Corinthians (campeão) e Santos (caiu na semi)
2013: Atlético-MG (campeão)
2015: Inter (caiu na semi)
2016: São Paulo

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.