Após mea-culpa de Muricy, Aloísio concorda que elenco deve ser poupado

O técnico Muricy Ramalho falou após a derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR que deveria ter poupado todos os jogadores que conseguiram a classificação às semifinais da Copa Sul-Americana, na Colômbia, em partida contra o Atlético Nacional, na última quarta-feira. O técnico disse que o erro foi dele, e agora recebe o pedido dos jogadores. Para o atacante Aloísio, Muricy deveria tirar alguns dos titulares na próxima partida, contra o Flamengo, em Itu, na quarta-feira.

“Acho que sim [deveria poupar]. Até porque fizemos viagens longas, o jogo da Colômbia foi até desgastante. Mas o corpo sente, esse jogo do Atlético-PR principalmente. Eu particularmente achei que não ia ficar dolorido, que as dores não chegariam, mas chegaram”, disse o atacante, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.
Segundo o Boi Bandido, o treino desta segunda-feira, no CT da Barra Funda, serviu para mostrar que os jogadores estão no limite físico.
“Hoje deu para ver, atletas estão bem desgastados, sentindo dores musculares. Muricy é inteligente, comissão vai saber poupar quem deve ser poupado”, acrescentou o jogador, que afirma que, por conta do desgaste, a prioridade deve ser a Copa Sul-Americana, torneio que dá vaga à Copa Libertadores ao campeão. “Temos uma competição que pode dar título e acho que ele vai priorizar isso, sim”, fala Aloísio.
Pela Sul-Americana, o São Paulo disputa a semifinal contra a Ponte Preta. O primeiro jogo, no Morumbi, acontecerá no próximo dia 20. A segunda e decisiva partida acontecerá no dia 27 – esta aguarda definição para saber se poderá acontecer no Moisés Lucarelli que, segundo o São Paulo, não pode receber 20 mil torcedores, como especifica o regulamento da Conmebol como capacidade mímina para o jogo.
Aloísio aguarda posicionamento de Muricy para saber se jogará em Itu, no Novelli Júnior, contra, o Flamengo. Ele brinca que o técnico não avisa quem vai colocar ou tirar do time antes dos jogos.
“Muricy não me dá explicação quando me coloca no time. E se ele me tirar, também não vai dar e nem vai precisar, porque eu vou entender o motivo que o levou a me tirar do time. Ele vai saber fazer isso”, concluiu o atacante.
Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*