Após luta contra queda, Muricy se surpreende com campanha tricolor

A vitória sobre o Goiás, por 3 a 0, na última quarta-feira, no Morumbi, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, fez o São Paulo acirrar a briga pelo título. Agora são cinco pontos para o líder Cruzeiro, restando 21 em disputa. Mas Muricy Ramalho não se ilude. Apesar de ainda ter chances de ser campeão, o treinador avalia que a campanha do Tricolor é melhor do que ele  imaginava, principalmente depois de ter lutado contra o rebaixamento em 2013.

– Quando cheguei, não sabia que (o clima) era daquele jeito, tão ruim. Além de salvar o time, eu não poderia pensar no outro ano. Iríamos fazer uma reformulação duríssima. Foram contratados muitos jogadores e depois ficou difícil colocá-los no mercado porque recebiam bem. Fizemos uma reformulação com o Brasileiro andando. Estamos atingindo um ponto antes do que eu esperava – afirmou.

Muricy Ramalho São Paulo (Foto: Rubens Chiri / site oficial do São Paulo FC)Muricy Ramalho São Paulo (Foto: Rubens Chiri / site oficial do São Paulo FC)

Muricy retornou ao Tricolor depois de um grande apelo da torcida em meio à crise no Brasileirão do ano passado. Ney Franco e Paulo Autuori foram demitidos depois de resultados ruins e atritos no elenco. Na reta final, porém, o time engrenou, somou pontos seguidamente e fugiu da degola.

O São Paulo, aliás, demorou a contratar em 2014. Reforços como Alvaro Pereira e Souza desembarcaram no Morumbi com o Campeonato Paulista em andamento. Para o segundo semestre, a diretoria ainda buscou Alan Kardec, Michel Bastos e Kaká.

– Não podemos esquecer. Se esquecermos, uma hora vamos fazer de novo. Tem de ficar como exemplo. Isso aqui não é brincadeira, é muito grande. Não dá para brincar de futebol. Temos uma das maiores torcidas do país. Erramos demais e passamos perto (de cair) – lembrou.

O treinador tenta não se iludir com a aproximação ao líder. Os dois próximos jogos podem ser determinantes na disputa. O São Paulo pega Criciúma e Vitória fora de casa. O Cruzeiro recebe Botafogo e Criciúma, no Mineirão.

– Tudo pode acontecer no futebol. Vamos lutar até o fim – disse Muricy.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*