Após internação, Muricy sofre pressão da família para tirar ‘férias’ do futebol

Afastado do futebol há quase uma semana, Muricy Ramalho sofre pressão da família para se afastar da atividade. A informação foi divulgada pelo colunista Jorge Nicola, do jornal Diário de São Paulo. O treinador deixou a UTI na última sexta-feira. Muricy teve problema com a arritmia cardíaca. Os três filhos (Fabíola, Muricy Junior e Fábio), além da sogra (Neusa) e sua mulher (Rose), pediram ao técnico para dar um tempo ao futebol.

– A decisão vai ser sempre do Muricy, mas nós temos dito que ele anda muito estressado, precisando descansar. São quase 20 nessa profissão pesada de treinador, sem nunca parar – revelou a sogra ao jornal.

Neusa confirmou ao jornalista que a esposa tem pedido ao treinador para ficar mais tempo com a família e reiterou Muricy precisa de tranquilidade, já que segundo a família, o treinador ultimamente está muito nervoso. A sogra declarou também que os filhos temem que a cobrança possa prejudicar o treinador no futuro.

– Ela bate na tecla de que o Muricy tem de respirar um pouco e dar uma parada boa – disse Neusa.

O comandante do Tricolor deverá voltar a rotina de trabalho na próxima segunda-feira. Antes disso, o técnico deverá ser submetido a uma avaliação médica neste fim de semana. Essa é a expectativa dos médicos que estão cuidando da saúde de Muricy. Braço-direito do treinador, o auxiliar técnico Tatá acredita que o comandante não deve encerrar a carreira.  O auxiliar apoia a decisao Os dois são amigos desde a infância. Muricy tem vínculo com o clube do Morumbi até o fim de dezembro de 2015.

– Mas eu acho que o Muricy pode cogitar a ideia de tirar férias prolongadas com o São Paulo – finalizou Tatá.

Fonte: Lance

Um comentário em “Após internação, Muricy sofre pressão da família para tirar ‘férias’ do futebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*