Após erros, novo batedor de pênaltis vira mistério no São Paulo

Os três pênaltis perdidos pelo São Paulo nas últimas partidas criaram uma incógnita sobre quem assumirá a responsabilidade nas próximas batidas. O meia Jadson, que perdeu um diante do Flamengo, em Brasília, revelou que o técnico Paulo Autuori ainda não se posicionou sobre o assunto.

– O Paulo não falou nada. Se tiver outro pênalti e for para bater, vou bater. Temos o Rogério também. Mas, quando precisar, vou bater – afirmou.

O assunto ganhou corpo depois que Rogério Ceni desperdiçou as cobranças contra Bayern de Munique, pela Copa Audi, e Portuguesa, pelo Campeonato Brasileiro. Autuori desconversou publicamente, mas, internamente, pediu para o capitão abrir mão do posto. Assim, Jadson foi o escolhido e também falhou nos minutos finais do duelo diante dos cariocas.

– Não é que senti (a pressão). Fui mudar em cima da hora. Eu tinha decidido bater cruzado, mas, em cima (da bola), virei o pé. Isso atrapalhou e acabei errando – explicou o camisa 10.

Sem Luis Fabiano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o posto pode cair no colo de Paulo Henrique Ganso na partida contra o Botafogo, domingo, às 16h, no Maracanã. O armador era o segundo nome da lista caso Jadson não pudesse efetuar a cobrança contra o Flamengo.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Após erros, novo batedor de pênaltis vira mistério no São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.