Após calor, São Paulo jogará com termômetro perto de zero em La Paz

Os 3.660m de altitude de La Paz não serão o único obstáculo do São Paulo na disputa contra o Bolívar por uma vaga na fase de grupos da Taça Libertadores. O Tricolor terá de encarar também uma grande mudança de temperatura em poucas horas no deslocamento até o palco da partida.

Santa Cruz de la Sierra, cidade em que os jogadores estão concentrados desde segunda à tarde para fugir dos efeitos que a altitude pode trazer, vem registrando mais de 30 graus nos últimos dias. Para quarta-feira, dia do duelo, os termômetros vão variar entre 35 a 24 graus.

O grupo deixará a localidade no início da tarde de quarta e encontrará La Paz quase congelante. A temperatura máxima será de 13 graus, uma variação de 22 graus após um voo de pouco mais de uma hora de duração. No horário do jogo, 20h (22h em Brasília), ela cairá para apenas seis graus. Ainda há previsão de chuva.

– Aqui está muito calor. Esperamos que essa mudança na temperatura não influencie em nada no nosso rendimento. Estamos um pouco acostumados com isso – afirmou o centroavante Luis Fabiano.

O calor de Santa Cruz de la Sierra, aliás, pode fazer o clube atrasar em algumas horas o treino desta terça-feira, o último antes da partida. A atividade está marcada para 16h30m, porém, o técnico Ney Franco estuda iniciá-la mais tarde para evitar que os atletas fiquem expostos ao Sol.
Com a goleada por 5 a 0, no Morumbi, o São Paulo ficou muito próximo da classificação. O time pode perder até por 4 a 0. Quem avançar, cairá no Grupo 3, formado por Arsenal, Argentina, The Strongest, da Bolívia, e Atlético-MG.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*